Empreendedorismo

Por que trabalhar em uma startup? 5 vantagens que valem a pena

Publicado em 20 de dezembro de 2018 por Natascha Rauen

Nos últimos anos, a Zoop atingiu a marca de 3600% de crescimento em volume financeiro, fechou uma parceria com o grupo Movile, recebeu o reconhecimento da Endeavor no programa ScaleUps, foi eleita pelo LinkedIn como uma das Top Startups de 2018, 2019 e inaugurou seu novo escritório.

Somos muito orgulhosos de vestir a camisa Zoop! Por isso, neste post vamos falar sobre as principais conquistas da Zoop, sobre o mercado de startups e por que trabalhar em uma startup como a Zoop pode alavancar a sua carreira.

Por que trabalhar em uma startup?

Primeiramente, por que trabalhar em uma startup pode ser tão importante para a sua carreira? Por que não investir em empresas mais tradicionais?

Evidentemente, trabalhar em uma grande corporação pode atrair inúmeras candidaturas por uma série de razões: melhores salários, benefícios e credibilidade associada ao nome da empresa. No entanto, existem outras várias razões para fugir do pensamento comum e explorar a ideia de trabalhar em uma startup.

Como as startups mudaram a forma de trabalho?

Nos últimos anos, as startups encontraram seu combustível devido ao maior acesso à tecnologia. Não à toa, muitas pessoas ligam o termo às empresas online ou que dependem quase que inteiramente da internet para existir.

É claro que é mais comum ter startups nessas condições, pois é mais barato e mais rápido trabalhar com uma infraestrutura baseada na internet do que investir em negócios voltados à energia ou infraestrutura, por exemplo. Embora existam, são bem menos numerosas.

Seguindo por esse caminho, as startups abriram a mente e, assim, mudaram a forma de trabalhar. Hoje, é comum encontrar pessoas que trabalham para startups de forma remota, seja em casa, em um café ou em um escritório de coworking, que pode ser em qualquer parte do mundo.

Nas startups, os empreendedores encontraram um lar, uma vez que iniciar um negócio ficou mais simples com o acesso à internet e à informação ilimitada. Mas, embora tenhamos usado a palavra “simples”, é importante salientar outro ponto.

O grande desafio das startups, e que também representa uma forte mudança, é fazer mais com menos. É encontrar recursos e desafiar a própria criatividade para entregar projetos e trabalhos de alta qualidade com pouco tempo, pouca força ou pouco investimento.

Dados das startups no Brasil

Estima-se que existam em torno de 62 mil empreendedores e 6 mil startups no Brasil. Em 2012, os números representavam menos da metade disso. Segundo a Associação Brasileira de Startups (ABStartups), nesse ano, haviam 2.519 startups cadastradas. Em 2017, o número apresentou um salto e passou para 5.147.

E as estimativas apontam que a quantidade pode ser ainda maior, podendo chegar na casa dos 10 mil. No entanto, esse é um dado incerto, visto que muitas startups ainda não possuem CNPJ.

Mas foi somente em 2018 que o país ganhou seus primeiros unicórnios, isto é, quando algumas startups passam a valer mais de um bilhão de dólares, como aconteceu com a 99, o iFood, a Movile e o Nubank.

O perfil dos empreendedores também chama a atenção: 72% das startups são lideradas por jovens entre 25 e 40 anos de idade, sendo 87,13% do sexo masculino. É no estado de São Paulo que o maior número de startups está (41%), seguido por Minas Gerais (12%) e Rio de Janeiro (9,7%).

Descubra como é trabalhar em uma startup:

Vale a pena trabalhar em uma startup mesmo?

Veja a seguir alguns dos principais benefícios e por que trabalhar em uma startup:

1. Mais responsabilidade

Se você trabalha ou pretende trabalhar em uma startup, provavelmente fará parte de uma pequena equipe. Isso significa que você irá agregar mais responsabilidades que, consequentemente, farão com que você aprenda mais e seja um membro em constante evidência.

2. Mais oportunidades

Startups geralmente são grandes fontes de conhecimento e desenvolvimento de habilidades, além do dinamismo de funções. Tal oportunidade de crescimento, provavelmente, não seria tão rápida em grandes corporações.

3. Mais dinamismo

Como falamos acima, o dinamismo faz parte do cotidiano de quem trabalha em uma startup. Enquanto é fácil ficar preso a uma só função em grandes empresas, em uma startup é provável que você vá agregar inúmeras atividades: um redator pode acabar adotando o trabalho de social media, por exemplo. Isso contribui para dinamizar as tarefas, fazendo com que você esteja sempre em contato com novidades no seu cotidiano de trabalho e acumule funções em sua expertise.

4. Mais aprendizado

Outra grande razão de por que trabalhar em uma startup é aprender diretamente de quem inovou, empreendeu e apostou. Pessoas que fundaram suas próprias empresas geralmente possuem posturas e mindsets diferentes de quem sempre trabalhou para alguém. Estar por perto é garantia de aprendizado!

5. Mais reconhecimento

Por todas as razões acima, seu trabalho com certeza será mais reconhecido. Estando em evidência e sendo um player ativo, dificilmente não verão em você um importante pilar da empresa.

Como dissemos anteriormente, a Zoop foi eleita uma das melhores startups do Brasil no prêmio LinkedIn Top Startups em 2018 e 2019. A premiação reconhece o trabalho de startups que vêm transformando o mercado e a maneira de trabalhar!

Agora que você sabe por que trabalhar em uma startup, conheça mais sobre nossa filosofia, e se informe sobre novas vagas para fazer parte do nosso nosso time: basta nos seguir no LinkedIn. E, claro, não deixe de compartilhar esse post com seus amigos e colegas de trabalho!

Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo