Gestão

Click & Collect: como essa estratégia omnichannel pode ajudar a vender mais no Dia das Mães?

Publicado em 03 de maio de 2022 por Redação Zoop
Avalie este post

Entre as estratégias que podem fazer parte do varejo omnichannel, o click & collect — na tradução clique e colete, ou clique e retire — é uma das que pode alavancar as vendas no e-commerce no Dia das Mães, assim como em diversas outras datas comemorativas que inflam o setor.

Caso você ainda não conheça, click & collect é um modelo de logística na qual o consumidor faz a sua compra de maneira virtual e retira o produto na loja física da marca, em algum comércio parceiro ou em um ponto de venda.

Uma alternativa às entregas feitas no endereço indicado pelo cliente, essa oferta tende a ser bastante interessante para quem compra, pois elimina o custo do frete e o tempo de espera para chegada da mercadoria.

Aqui no Brasil algumas redes varejistas já adotaram esse conceito. Um bom exemplo são as pertencentes à Via — Casas Bahia, Pontofrio e Extra, que desde 2018 trabalham com uma abordagem denominada “Retira Rápido”.

Indo um pouco mais além da retirada apenas nas lojas físicas, a estratégia Click & Collect das empresas da Via também engloba o chamado lockers, que são armários inteligentes de autoatendimento acionados por QR Code e instalados em pontos estratégicos — inicialmente em postos de combustível da cidade de São Paulo.

Nesse contexto, o cliente vai até o local indicado e por meio do QR Code recebido por e-mail ou SMS abre o armário.

Apenas por essa explicação inicial já dá para ter uma ideia do quanto essa estratégia omnichannel pode colaborar para melhorar a experiência de compra dos consumidores em datas com grandes volumes de vendas, como o Dia das Mães que está por vir, concorda?

E quais vantagens essa abordagem pode trazer para a sua empresa? Continue a leitura deste artigo e confira!

O que é Click & Collect?

Como explicamos inicialmente, trata-se de uma estratégia omnichannel no qual um produto comprado no site ou aplicativo é retirado pelo próprio cliente na loja física da marca.

Nessa opção de logística o consumidor também pode retirar a mercadoria adquirida em um quiosque, ponto de venda, comércio parceiro, ou outro local definido pelo vendedor. Isso leva ao entendimento que essa abordagem não é exclusiva de quem faz vendas nos dois formatos (presencial e virtual). 

Em outras palavras, se porventura um varejista trabalhar exclusivamente com comércio eletrônico, com essa estratégia ele tem a chance de trazer o omnichannel para o seu negócio ao fechar parcerias com comerciantes de lojas físicas que podem realizar a entrega dos seus produtos.

Quanto a isso, é possível considerar que o inverso também pode ser vantajoso. Ou seja, um estabelecimento que exista apenas no formato físico pode se tornar um ponto de entrega do formato clique e colete e, com isso, trazer mais público para o local.

A ideia é, por exemplo, aproveitar isso como uma nova oportunidade de venda — quando o comprador vai até o local retirar a mercadoria pode conhecer o estabelecimento e, quem sabe, se tornar cliente dele também.

Aproveite e ouça este podcast do Papo na Nuvem sobre a importância do omnichannel para os negócios.

Quais as vantagens e desvantagens dessa estratégia?

Uma das principais vantagens dessa estratégia omnichannel é conseguir melhorar a experiência de compra do cliente em diferentes vertentes.

Para se ter uma ideia do quanto o público fica satisfeito com essa alternativa logística, um estudo elaborado pela empresa americana Bell and Howell revelou que a economia com cobranças de entrega (frete), a rapidez e a conveniência são as razões pelas quais 76% dos entrevistados aderiram ao conceito clique e colete.

E como já mencionamos, essa forma de entregar os produtos comprados virtualmente é uma maneira de gerar novas oportunidades de venda. O mesmo levantamento revelou que 59% dos entrevistados disseram que possivelmente comprariam outro produto quando fossem retirar o pedido online.

Mas além dessas vantagens há outras duas que também merecem destaque, que são: 

  • diminuir o número de carrinhos abandonados no e-commerce: uma das maiores razões pelas quais as pessoas deixam de concluir as compras online é o valor cobrado pelo frete;
  • reduzir custos relativos à entrega: visto que o consumidor retira o produto pessoalmente, a empresa não precisa arcar com gastos de logística.

Desvantagens

No que se refere às desvantagens dessa estratégia omnichannel, seriam mais pontos de atenção a serem considerados pelos gestores que pretendem adotar essa abordagem.

Um deles é garantir uma gestão de estoque eficiente e totalmente integrada entre a loja física e a virtual, a fim de evitar transtornos como o consumidor ir retirar uma mercadoria que não está disponível.

O outro é o estabelecimento de uma comunicação eficaz e transparente com o comprador, enviando corretamente e sem falhas as informações sobre local de retirada, dia, hora, QR Code (no caso dos lockers), entre demais dados relacionados.

Como disponibilizar o Click & Collect para o seu público?

Para disponibilizar essa forma de retirada de produtos comprados virtualmente, um dos primeiros passos que precisa ser dado é a definição de qual será o ponto de coleta.

Essa decisão tende a ser mais fácil para varejistas que contam com lojas online e físicas, visto que o item pode ser retirado diretamente nos seus próprios estabelecimentos. 

Já aqueles que trabalham apenas com e-commerce precisam definir se utilizarão lockers ou pontos de vendas — esses últimos também chamados de pick up points, que são estabelecimentos comerciais como mercados, farmácias ou mesmo outras lojas que realizam essa função.

Em seguida é preciso se planejar para resolver as questões de gestão de estoque e comunicação com os clientes, como também mencionamos.

Dica de leitura: “E-commerce omnichannel: será que essa estratégia vale a pena?” 

Quais outras estratégias omnichannel podem ser adotadas?

Mas além do click & collect existem outras estratégias omnichannel que ajudam a absorver o alto volume de vendas esperado no Dia das Mães e demais datas comemorativas, além de melhorar a experiência de compra dos clientes. 

Uma que merece a sua atenção é a oferta de pagamentos omnichannel que, resumidamente, é a integração de meios de pagamentos físicos e virtuais. 

Como isso é possível? Entenda em detalhes lendo agora mesmo o artigo: “Plataforma omnichannel de pagamento: o que é, quais as vantagens e por que utilizar?

 

Avalie este post
Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo