Mercado

Qual o resultado da combinação fintech e Software as a Service?

Publicado em 16 de fevereiro de 2021 por Redação Zoop

As soluções Banking as a Service (BaaS) abriram caminho para que empresas que não têm o seu core business nos serviços financeiros pudessem agregar esse tipo de produto ao seu portfólio.

O varejo, por exemplo, é um dos setores que mais se nota o acréscimo desse valor. No entanto, diversos outros segmentos estão notando a importância de incorporar soluções financeiras ao seu negócio.

Agora, a junção de dois tipos de empresas, fintech e Software as a Service (SaaS), chega trazendo diversas oportunidades para o mercado de softwares por assinatura. Entre elas, a possibilidade de criar novos negócios verticais e de aumentar a receita.

O que mais se pode esperar de uma parceria entre fintech e Software as a Service? Quanto uma empresa agrega e contribui para o crescimento da outra?

Conceituando fintech e Software as a Service

Se formos conceituar fintech e Software as a Service, é possível encontrar alguns pontos de semelhança entre esses dois modelos de negócios inovadores.

O principal é que ambos usam a tecnologia para criar, desenvolver e entregar ao seu público produtos para serem consumidos de maneira facilitada.

A maior diferença, no entanto, é que as fintechs têm como foco os serviços financeiros e as empresas SaaS os softwares por assinatura, utilizados para as mais variadas finalidades.

Considerando que o modelo SaaS tem a característica de trazer para a sua base um número considerável de clientes, por que não agregar soluções financeiras aos seus produtos e, desse modo, resolver todas as questões desse público em um único lugar?

É justamente esse modo de ver que está fomentando a parceria entre fintech e Software as a Service.

As empresas fintechs permitem que os negócios SaaS incluam ao seu portfólio, de maneira facilitada, as mais variadas soluções financeiras, possibilitando que essa base de clientes seja explorada de outras maneiras.

Aproveite e ouça este episódio do Papo na Nuvem:

Oportunidades geradas com a junção fintech e Software as a Service

Há algumas oportunidades que se destacam quando a combinação fintech e Software as a Service acontece. A primeira é a possibilidade de aumentar a receita mensal por cliente.

Tradicionalmente, as estratégias mais comuns para elevar o rendimento de uma empresa SaaS são aumentar a carteira de clientes (e investir para isso), ou com up selling, ou seja, incentivando os consumidores já existentes a assinarem versões mais robustas das suas soluções.

Mas trabalhando com uma fintech abre-se a possibilidade de agregar produtos e serviços financeiros ao portfólio das empresas SaaS e, com isso, desbloquear uma nova vertical de negócio.

Aqui, partimos do seguinte princípio: o cliente já usa o software para atender a uma necessidade específica. No entanto, ainda assim, precisa buscar fora uma instituição financeira para resolver questões como pagamentos, recebimentos, empréstimos etc.

Ao agregar soluções financeiras, a empresa de Software as a Service entrega a esse consumidor, tudo o que ele precisa para o dia a dia do seu negócio,e em um único produto.

Com isso, os gastos desse cliente que seriam direcionados às instituições são absorvidos pela SaaS, aumentando a sua receita mensal.

Em um exemplo básico, imagine a seguinte conta: o seu cliente investe R$ 1 mil por mês para utilizar o seu software por assinatura. 

Para resolver as questões financeiras do negócio, entre taxas, juros e outras cobranças, esse mesmo cliente gasta R$ 800 com uma determinada instituição financeira.

A partir do momento que você agrega serviços financeiros ao seu software e esse cliente passa a utilizá-lo, os R$ 800 também passam a fazer parte da sua receita.

Resumindo, se antes o cliente rendia, por mês, R$ 1 mil, passará a render R$ 1.800. 

Mas além de impactar positivamente no faturamento, há outras possibilidades que são geradas com a combinação fintech e Software as a Service.

Oferta de produtos mais aderentes

Quem utiliza um software por assinatura está em busca de um serviço facilitado e de uma solução que atenda de maneira pontual as suas necessidades.

O acréscimo de produtos e serviços financeiros ajuda a também atender essa expectativa e, ao mesmo tempo, a consolidar a base de clientes ao redor da empresa.

Isso acontece porque, em um mesmo lugar, o consumidor consegue encontrar tudo o que precisa para o seu negócio. 

Experiência do cliente melhorada

Com soluções financeiras integradas ao software por assinatura, o cliente tem a chance de utilizar diferentes produtos dentro de uma plataforma que já conhece.

Isso facilita a aquisição, otimiza tempo e garante que ele utilize produtos de uma marca que confia, pois já mantém um relacionamento.

Somado a isso, a empresa SaaS tem a chance de utilizar as informações que tem do perfil desse consumidor para oferecer serviços financeiros personalizados, que realmente supram as suas necessidades.

Dica de leitura: “Como está a oferta e a adesão do Banking as a Service no Brasil e no mundo?

Entrega de um software diferenciado

Expandir o portfólio de soluções com a entrega de produtos financeiros é também uma maneira de diferenciar a sua empresa dos concorrentes.

A oferta de um serviço realmente completo dá destaque à sua marca, aumentando a credibilidade e o poder de atração de novos clientes.

Não deixe de ler “Diferencial competitivo: como os pagamentos digitais podem lhe ajudar nesse quesito?

Estabilização do CAC e aumento do LTV

Anteriormente, citamos que uma forma tradicional de aumentar a receita de uma empresa SaaS é conquistando novos clientes, se lembra?

Uma das oportunidades geradas com a parceria fintech e Software as a Service é justamente manter o valor que já costuma ser investido pela empresa ou mesmo reduzir o custo de aquisição de clientes (CAC).

Entre os motivos é que a solução se torna mais completa com a inclusão de serviços financeiros, tornando-a mais atrativa e colaborando para que novos clientes se interessem pelo produto. 

Além disso, com o fortalecimento da base, o LTV (Lifetime Value) aumenta, uma vez que a tendência é que o cliente utilize por muito mais tempo a solução.

Soluções financeiras que podem ser entregues com a parceria entre fintech e Software as a Service

São muitas as soluções financeiras que podem ser entregues com a parceria entre fintech e Software as a Service.

A escolha da mais adequada vai depender do segmento atendido, do perfil do público e do leque de possibilidades que quer abrir para os seus clientes.

Aqui, vale lembrar que a plataforma Banking as a Service, ferramenta que possibilita a inclusão de produtos e serviços financeiros a empresas que não são desse setor, é modular.

Isso quer dizer que você pode começar com alguns serviços e expandir as opções conforme constatar novas oportunidades de negócios.

É possível, por exemplo, criar uma conta digital com a sua marca e entregar aos seus clientes a experiência completa de um banco digital, incluindo:

  • cartão de crédito, de débito ou pré-pago;
  • pagamentos;
  • transferências e mais.

 

Também é possível oferecer crédito, soluções de pagamento presencial e online, entre outras.

Conheça o Zoop Banking e confira como a nossa solução BaaS pode ajudar a sua empresa a entrar no mercado de serviços financeiros.

Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo