Negócios

Pagamento online para empresas de saúde: quanto (e como) contribui para reduzir problemas de recebimento?

Publicado em 01 de julho de 2020 por Redação Zoop

A opção de pagamento online para empresas de saúde tem sido uma forte aliada no combate à inadimplência.

Um dos motivos é que, ainda que os meios de pagamentos digitais estejam sendo mais utilizados a cada dia, o cheque ainda é uma moeda bastante presente em consultórios, hospitais e clínicas.

Porém, aceitar pagamentos dessa forma pode levar a um índice de inadimplência de 15 a 20% dos valores recebidos por uma empresa desse setor.

Por outro lado, recebimento de consultas, exames, procedimentos e cirurgias via cartão de crédito, débito ou outra forma de pagamento digital, garante o recebimento e ainda permite a antecipação de recebíveis, solução que contribui bastante para melhorar a gestão financeira.

Considerando tudo isso, conversamos com Rafael Coda, CEO e Co-Founder da Medicinae Solutions, empresa de soluções financeiras exclusivas da área de saúde que permite que clínicas e profissionais do setor escolham como e quando receber seus pagamentos, e um dos parceiros da Zoop.

Acompanhe!

Vantagens do pagamento online para empresas da área de saúde

Qual instituição de saúde particular já não precisou trabalhar com o conhecido “cheque caução”, bastante solicitado quando um paciente vai realizar um procedimento que possui um custo considerado elevado?

Além disso, qual empresa desse setor nunca atendeu uma situação de emergência médica que não teve cobertura do convênio e precisou aceitar o pagamento em cheque?

Acontecimentos como esses ainda são bem comuns em hospitais, clínicas e consultórios e, muitas vezes, para não deixar de atender o paciente, as empresas da área de saúde acabam aceitando essa forma de pagamento.

No entanto, os cheques estão cada dia mais caindo em desuso. Além da questão da inadimplência e de facilitar fraudes, outro motivo é a oferta cada vez maior de formas de pagamento digitais.

Segundo a Febraban, Federação Brasileira de Bancos, um dos seus últimos levantamentos sobre o assunto mostrou que a compensação de cheques havia reduzido 85% em 2017. Porém, ainda assim, o número de cheques devolvidos sem fundos foi bastante expressivo: 29,5 milhões.

Por outro lado, a Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2020, ano-base 2019, mostrou que, a cada 10 transações, mais de 6 acontecem por meio de canais digitais.

Para se ter uma ideia, só os pagamentos via POS (Ponto de Venda), as famosas “maquininha de cartão”, foram responsáveis por R$ 89,9 bilhões em 2019.

Considerando tudo isso, quais seriam as principais vantagens do pagamento online para empresas da área de saúde? Veja os que mais se destacam:

  • risco mínimo de inadimplência;
  • melhor gestão financeira e planejamento;
  • maior previsibilidade financeira;
  • aumento do acesso à saúde aos pacientes pela flexibilização de pagamentos via parcelamento;
  • praticidade e agilidade para pacientes e para a empresa;
  • possibilidade de realizar parcelamentos de maneira mais fácil;
  • mais segurança a todos os envolvidos na transação;
  • aumento da receita;
  • recebimento de valores de forma mais rápida.

Outros benefícios do pagamento online na área de saúde

Mas ainda que estejamos destacando a questão do pagamento em cheques, não podemos deixar de lado os realizados com dinheiro.

Mesmo com os meios de pagamento digitais cada dia mais disponíveis, muitas pessoas continuam preferindo utilizar dinheiro impresso.

De acordo com um levantamento realizado pelo Banco Central, 60% dos brasileiros utilizam o dinheiro como forma de pagamento mais frequente, contra 22% dos realizados via cartão de débito e 15% via cartão de crédito.

No entanto, quanto maior o valor a ser pago, mais os pagamentos digitais são utilizados:

Fonte: Banco Central

A substituição do dinheiro pelo pagamento online para empresas na área de saúde nos leva a destacar mais dois pontos positivos:

  • segurança;
  • otimização de tempo.

Manter em um hospital, clínica ou consultório valores em espécie pode comprometer a segurança de funcionários e pacientes.

Além disso, há a necessidade de fazer o depósito desses pagamentos nas contas bancárias das instituições, o que demanda tempo e incide, mais uma vez, na questão da segurança.

Somado a tudo isso, não se pode esquecer que há a necessidade de realizar o pagamento de profissionais e parceiros. Nesse ponto o recebimento online contribui para duas outras atividades da gestão financeira.

Divisão de valores — Split de Pagamento

O split de pagamento consiste em um software que permite a divisão automática de valores entre os envolvidos em uma transação financeira.

Por exemplo, uma clínica que conta com um médico e um anestesista como parceiros precisa dividir os valores recebidos por um procedimento médico entre si e esses profissionais.

Utilizando o split de pagamento, a participação de cada um entra direto nas contas bancárias correspondentes, otimizando tempo e tornando o processo mais seguro.

Mas vale lembrar que isso só é possível graças à opção de pagamento online para empresas na área de saúde, ou seja, pagamentos em cheques e dinheiro não permitem essa facilidade.

Antecipação de recebíveis

Conseguir antecipar pagamentos particulares ou de planos de saúde ajuda a melhorar a gestão financeira das empresas de saúde.

Dessa forma, valores que já entrariam no orçamento, mas em datas posteriores, podem ser utilizados para pagar fornecedores, funcionários, investir em infraestrutura, e muito mais.

Ao receber pagamento online na área da saúde é possível se beneficiar com a antecipação de recebíveis que, como o próprio nome sugere, é uma solução que permite o recebimento antecipado de valores pagos por pacientes.

Essa estratégia ajuda planejar melhor as ações e contribui para uma gestão financeira mais saudável.

Entrevista com Rafael Coda, CEO e Co-Founder da Medicinae Solutions

A Medicinae Solutions é uma empresa de soluções financeiras para o setor de saúde que oferece aos seus clientes uma solução pioneira e exclusiva de antecipação de faturas médicas dos planos de saúde, soluções de pagamentos particulares e antecipação de recebíveis de cartões.

Além disso, conta com uma plataforma 100% gratuita para gerenciamento de todos recebíveis em um único lugar, com dashboards que mostram todas informações de faturamento, pagamento e glosa.

Com a oferta de pagamento online para empresas desse setor, a Medicinae Solutions conseguiu ajudar seus clientes a reduzirem a inadimplência dos pagamentos, especialmente os realizados com cheques.

Além disso, suas soluções contribuíram para o crescimento do volume de pagamentos digitais entre seus parceiros.

Sobre isso, conversamos com Rafael Coda, CEO e Co-founder da Medicinae Solutions.

Rafael, como mencionamos no decorrer deste artigo, muitas empresas da área de saúde ainda aceitam cheques e dinheiro como forma de pagamento. Como foi a aceitação, entre os seus clientes, das soluções de pagamentos online?

A aceitação vem sendo extremamente positiva e já estamos em 25 estados do Brasil, atendendo clínicas e profissionais de saúde.

Percebemos que há 3 perfis de clientes: o primeiro consiste em quem já utiliza os meios de pagamentos digitais, mas que é muito mal atendido pelas soluções de adquirência que não conhecem o setor com profundidade — não adianta se enquadrar como PME e oferecer produtos de prateleira, é necessário conhecer as dores do mercado.

O segundo é de clientes que já entenderam que precisam oferecer o pagamento em cartões, mas ainda tinham alguma resistência ou até mesmo falta de tempo — o resultado costuma ser bem impactante, com aumento de até 40% na receita.

O último é um perfil que precisa ser educado sobre os avanços que terá com a eliminação do cheque e dinheiro.

Esse cliente acredita que sua clínica está funcionando bem e, por isso, não precisaria mudar. Mas aos poucos, conforme os impactos positivos vão chegando, também acabam aderindo.

Percebemos um ramp up mais alongado, mas novamente entra o nosso diferencial de ir muito além do pagamento e, sim, de sermos uma solução para os problemas dessa cadeia de recebíveis.

Você poderia explicar um pouco mais sobre como foi esse processo de redução da inadimplência dos pagamentos após o aumento do uso das soluções online?

Lembro de um médico nos contando que trabalhava 100% para faturar 90% e receber de 70 a 80%.

O que ele queria dizer com isso é que tinha tanta coisa para fazer que acabava sendo desorganizado no lado financeiro. Às vezes, esquecia de cobrar algum paciente, também teve um cheque com problema e ficava um pouco incomodado de cobrar.

Os motivos são diversos, mas o principal ponto é que todos já passaram por alguma situação desagradável de inadimplência.

Então quando o cliente entende que a transação em cartões elimina esse problema, a percepção é de que, além do aumento do resultado financeiro, existe o fim da dor de cabeça que isso traz.

Do ponto de vista prático, um consultório que faturava R$ 50 mil acabava recebendo R$ 40 mil e, de repente, com essa simples mudança, tem um bônus de R$ 10 mil no seu caixa.

O cheque era, e ainda continua, sendo comum, pois existem procedimentos e consultas com valores altos. Assim, o parcelamento acaba acontecendo por esse meio de pagamento, além do fato de as pessoas não andarem com dinheiro em espécie. Por isso, essa modalidade ainda é tão presente no cotidiano da saúde.

Mas a solução do pagamento em cartões é muito melhor, pois além de eliminar a inadimplência, aumenta o faturamento na maioria das vezes.

E quanto aos resultados alcançados por seus clientes com os meios de pagamento digitais, quais mais chamaram a atenção da Medicinae?

Em primeiro lugar, com a Medicinae as clínicas e consultórios não precisam esperar meses para receber dos planos de saúde ou dos recebimentos parcelados em cartões. Isso dá um grande poder de compra, além da liberdade de escolha.

Investimentos na clínica, sejam em equipamentos, marketing, compra de material com desconto ou em cursos/especializações, tornaram-se viáveis com maior facilidade. Isso tudo impacta consideravelmente o resultado financeiro.

Além disso, a possibilidade de parcelamento gera um impacto muito representativo. Temos um case de 40% de aumento no faturamento.

O split de pagamentos tem um papel muito forte também, pois além da bitributação, existe a maior velocidade no pagamento de todos, que é muito importante.

Por último, durante a pandemia, vimos também a telemedicina ganhando o palco central, e o link de pagamento viabilizou a cobrança dessa modalidade.

Para a Medicinae, qual foi o impacto?

Inicialmente, tínhamos apenas uma solução para os recebíveis dos planos de saúde, mas entendemos que nosso papel era permitir que a clínica escolhesse como e quando receber seu pagamento.

Mas, para isso, precisávamos ter uma solução completa da cadeia de recebíveis, trazendo uma solução de payments.

Crescemos 6 vezes no ano passado e temos um plano de crescimento bastante promissor pela frente.

Quais orientações, ou dicas, você daria para empresas desse setor que estão em busca de resposta de como reduzir problemas com pagamento de seus parceiros?

O profissional de saúde foi formado para praticar sua atividade e, na maioria das vezes, é a mesma pessoa responsável pelas questões administrativas e financeiras da clínica ou consultório.

Assim, como os pacientes buscam os melhores profissionais, vocês também devem procurar as melhores soluções de mercado, as que entendam suas dores. Dessa forma, poderão focar mais na sua atividade e menos em finanças e gestão.

Procure quem entenda você. Eu não sou médico, mas a Medicinae tem uma co-fundadora médica.

Além disso, temos médicos como investidores-anjo, desenvolvemos nossa experiência de usuário com um grande número de profissionais do setor antes de colocarmos nossos produtos no mercado, e todas as soluções que temos foram desenvolvidas para resolver problemas que ouvimos de vocês.

Portanto, conte conosco para ajudarmos a sua clínica ou consultório a ter um resultado incrível.

A participação da Zoop no processo de pagamento online para empresas de saúde

A Medicinae Solutions é uma de nossas empresas parceiras. Entre as soluções Zoop que utiliza para atender aos seus clientes, a antecipação de recebíveis está entre a que mais gera retorno.

Segundo a própria empresa, essa solução aumentou seu faturamento cerca de 40% ao mês, sendo responsável por metade das operações.

Veja mais sobre esse case da Zoop

Conheça a Zoop

Que tal oferecer soluções como essa também aos seus parceiros?

A Zoop é uma fintech líder em tecnologia para serviços financeiros que permite que marketplaces, ERPs, empreendedores e outras fintechs atuem também como instituições de pagamentos, ainda que não seja seu core business.

Com nossa plataforma de serviços financeiros White Label sua empresa pode criar diversos produtos e serviços financeiros, tais como:

Conheça todas as soluções da Zoop!

Tudo isso com a sua própria marca e livre de barreiras regulatórias, eliminando os custos de desenvolvimento e otimizando o tempo de implementação.

Gere uma nova receita para o seu negócio e, ao mesmo tempo, ofereça soluções pontuais para as dores dos seus clientes, aumentando sua satisfação e fidelização.

Converse agora com um especialista, junte-se a grandes nomes como iFood, Sympla, Avec e Medicinae e comece a gerar ainda mais valor com serviços financeiros.

Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo