Negócios

Posso pagar Pix com cartão de crédito? Saiba o que responder aos seus clientes!

Publicado em 10 de dezembro de 2021 por Redação Zoop
5/5 - (1 vote)

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player abaixo!

Posso pagar Pix com cartão de crédito?” Com a crescente adesão dessa solução como meio de pagamento, essa pergunta tem se tornado recorrente no varejo.

Segundo estatísticas do Banco Central, setembro de 2021 fechou com mais de 132 milhões de transações de natureza P2B, ou seja, de pessoa para empresa. Esse número representa 15% de todas as operações realizadas por esse sistema e mais de R$ 48 milhões transacionados no período.

Dados como esses mostram que, cada vez mais, o Pix tem feito parte dos métodos de pagamento utilizados pelos brasileiros.

Mas voltando à pergunta inicial, de maneira resumida e direta, não é possível fazer Pix com cartão de crédito. O principal motivo é que o sistema de pagamentos instantâneo do Banco Central visa a transferência de valores que estão disponíveis na conta do pagador no momento da operação.

No caso do cartão de crédito, consiste em uma quantia a ser paga futuramente. Por essa razão não há como usar essa função na hora de realizar um Pix.

No entanto, o Banco Central tem lançado diversas novas funções para esse sistema, inclusive, uma bem similar à oferecida pelos cartões de crédito.

Se você ainda não sabe qual é, continue a leitura deste artigo e confira exatamente o que responder ao seu cliente quando ele questionar “Posso pagar Pix com cartão de crédito?

Afinal, posso pagar Pix com cartão de crédito?

Se o seu cliente perguntar hoje “Posso pagar Pix com cartão de crédito?”, você sabe o que responder a ele?

Como dissemos anteriormente, não é possível fazer Pix com cartão de crédito, considerando que o Banco Central, criador e regulador desse sistema, não liberou essa funcionalidade até o momento, sendo que também não há previsão para implementação futura.

Mas para que você entenda melhor os motivos e, com isso, consiga responder pontualmente os consumidores da sua empresa, explicaremos essa limitação em detalhes.

O lançamento do Pix aconteceu em novembro de 2020, e a solução tem como principal objetivo permitir a transferência imediata de valores a qualquer hora ou dia da semana.

Somente essa explicação sobre o que é Pix já deixa claro porque ele não pode ser vinculado ao cartão de crédito.

Ou seja, a função crédito não se refere a uma quantia que o cliente já tem disponível na sua conta bancária ou carteira digital. No caso, consiste em uma ferramenta de pagamento que permite compras à vista ou parceladas, mas com pagamento futuro.

Do ponto de vista do lojista, ainda que seja possível fazer a antecipação de recebíveis — que é o recebimento adiantado de valores provenientes de pagamentos a crédito — essa quantia continua não estando disponível na conta do pagador. Por isso, não pode ser usada para transações financeiras via Pix.

Dica! Não deixe de ouvir este episódio do Papo na Nuvem, podcast de tecnologia para serviços financeiros da Zoop.

Quais outras formas de usar Pix semelhante à função crédito?

Depois dessa explicação, se os seus clientes perguntarem Posso pagar Pix com cartão de crédito?, você já sabe o que responder, certo? Porém, aqui é bem importante destacar um ponto claro para não haver divergência de informações. 

Algumas instituições estão disponibilizando aos seus usuários a opção de fazerem Pix utilizando parte do limite do cartão de crédito. Entretanto, é essencial que fique esclarecido que esse é um serviço financeiro pontual, que não tem relação com as novas funções desse sistema.

Na prática, o cliente pode pagar o Pix se vincular a sua transação ao cartão de crédito que foi oferecido a ele por essa instituição financeira. Esses consumidores também precisam ter ciência que, na maioria das ofertas desse tipo, há incidência de juros, especialmente se houver parcelamento dos valores.

Aproveite e leia também: “Cartão de crédito para fidelizar clientes: como utilizar essa estratégia?

Mas seguindo a agenda evolutiva do Banco Central para o sistema de pagamentos instantâneo, a resposta para a pergunta “Posso pagar Pix com cartão de crédito?” continua sendo não.

Uma alternativa similar que está para ser lançada pelo órgão regulador é o Pix Garantido, também chamado de Pix Parcelado.

Pix Parcelado

O Pix Parcelado, ou Pix Garantido, é uma função desse sistema que permite o parcelamento de compras.

Previsto para ser lançado no segundo semestre de 2022, essa solução possibilitará que as aquisições sejam parceladas no limite de vezes permitido pelo varejista.

A grande vantagem para as empresas é que, uma vez que o Pix Parcelado é realizado, o valor é creditado instantaneamente na sua conta — processo que já não acontece nas vendas realizadas com cartão de crédito, que pode demorar até 30 dias para a liberação do pagamento.

Além de otimizar a gestão financeira e de melhorar o fluxo de caixa do negócio, o Pix Parcelado tem tudo para aumentar o volume de vendas.

Isso acontece porque a ferramenta permitirá atender consumidores que não têm cartão de crédito, mas que precisam parcelar a compra para adquirirem o produto ou contratar o serviço, ou que têm, mas com limites reduzidos.

Somada a esses benefícios, o Pix Garantido também diminuirá os gastos que os varejistas têm com as operadoras de cartão (taxas e tarifas), o que pode ajudar a reduzir o preço final dos produtos e, com isso, atrair mais compradores.

Para saber quais são as outras funcionalidades que estão para serem lançadas, leia agora mesmo o artigo “Quais as novas funções do Pix e o que esperar desse sistema no futuro?

Por que oferecer o Pix para os seus clientes?

Ainda que não seja possível pagar via Pix com cartão de crédito, esse meio de pagamento tem tudo para potenciar as vendas das empresas que o oferecem.

O Pix no checkout, tanto nas vendas presenciais quanto nas virtuais, contribui para:

  • otimizar o processo de pagar e receber;
  • atender diferentes grupos de consumidores;
  • fomentar compras não programadas;
  • entregar mais segurança para os clientes.

 

O simples fato de não precisar informar dados de pagamento tornam o Pix no e-commerce, por exemplo, uma solução que ajuda a reduzir o número de carrinhos abandonados.

Mesmo com todos esses retornos positivos você ainda não implementou o Pix na sua empresa? Então assista agora mesmo a este vídeo e confira como fazer isso com a ajuda da Zoop.

5/5 - (1 vote)
Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo