Banking

O que é Banking as a Service? Entenda o conceito, vantagens e por que vale a pena

Publicado em 18 de agosto de 2020 por Redação Zoop
4.3/5 - (48 votes)

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player abaixo!

Procurando conhecer o que é Banking as a Service? Pois saiba que se trata de uma solução que permite que qualquer empresa ofereça aos seus clientes e parceiros de negócios serviços financeiros, ainda que esse não seja seu core business.

Com o Banking as a Service, mesmo se a sua empresa não for do mercado financeiro, você pode criar produtos e serviços iguais aos de um banco digital, sem ter que se preocupar com normas e regulamentações.

Outra grande vantagem é que todas essas soluções recebem a sua marca. Por exemplo, se oferecer aos seus clientes um cartão de crédito, ela terá o nome da sua empresa estampado, e não de uma instituição bancária.

Esse tipo de produto ajuda a melhorar a experiência do seu cliente, pois contribui para disponibilizar soluções realmente alinhadas às suas necessidades.

Além de contribuir para a fidelização, o Banking as a Service também fortalece a imagem da sua empresa, gera mais credibilidade, e pode ser visto como um importante diferencial competitivo.

Todos esses pontos juntos também ajudam a aumentar o seu faturamento ao criar uma nova receita para o seu negócio.

Parece bastante atrativo e interessante para você? Então continue a leitura deste artigo para entender, em detalhes, o que é Banking as a Service, como funciona, quais as vantagens e o que você precisa fazer para que a sua empresa também passe a oferecer serviços financeiros e bancários para o seu público-alvo.

O que é Banking as a Service?

Banking as a Service, ou simplesmente BaaS, é uma solução tecnológica que permite que qualquer empresa comece a oferecer produtos financeiros sem precisar de um banco ou ter que se tornar um para isso, e também independentemente do seu ramo de atuação.

Ou seja, é permitir que mesmo negócios que não são voltados para esse mercado passem a se posicionar como instituições financeiras e de pagamento, oferecendo os mesmos serviços de um banco digital, e tudo com a sua própria marca.

Alguns exemplos de produtos financeiros possíveis de serem oferecidos com a ajuda do BaaS são:

  • conta digital;
  • cartão de débito;
  • cartão de crédito;
  • transferências;
  • pagamentos;
  • Pix, entre outros

 

Dica de leitura! Confira o artigo “O que é Pix? Quais as oportunidades que pode gerar para o seu negócio?

Aproveite para entender mais sobre o que é Banking as a Service assistindo a este vídeo exclusivo da Zoop!

Como funciona o Banking as a Service?

Neste momento você deve estar pensando: “Ok, agora eu sei o que é Banking as a Service. Mas na prática, como essa solução funciona?

O BaaS é disponibilizado para a empresa interessada por meio de APIs, sigla para o termo em inglês Application Programing Interface

Em uma explicação resumida, trata-se de um conjunto de instruções e padrões de programação que fazem a ligação entre um ponto e outro.

No caso do Banking as a Service, essas APIs farão a comunicação entre o desenvolvedor, geralmente uma fintech, e a empresa que prestará os serviços bancários/financeiros.

É por esse motivo que qualquer negócio pode oferecer serviços e produtos bancários aos seus clientes, mantendo o mesmo padrão de segurança e funcionalidades de um banco digital, sem que para isso precise mudar o foco das suas atividades ou ter que adquirir uma licença bancária própria.

Afinal, toda a parte de desenvolvimento e regulamentação fica por conta do desenvolvedor do BaaS.

Um dos pontos positivos de o Banking as a Service ser disponibilizado por meio de APIs, é que você tem a chance de adquirir apenas a solução que deseja incluir no seu portfólio

Por exemplo, se acha interessante, neste momento, trabalhar apenas com conta digital, pode implementar somente a API desse serviço e, conforme notar o aumento da adesão e as demais necessidades do seu público-alvo, acrescentar novas soluções financeiras à sua oferta.

Aproveite e leia também: “Cartão com marca própria: 7 vantagens imperdíveis ao criar um para a sua empresa!

Quais as vantagens do Banking as a Service?

As vantagens do Banking as a Service são muitas. Entre as que mais se destacam estão:

  • atrair e reter mais clientes;
  • possibilidade de escolher os serviços mais relevantes para o seu público;
  • reduzir custos para os seus clientes e para a sua empresa;
  • promover a digitalização do dinheiro;
  • oferecer mais agilidade em transferências;
  • gerar uma nova fonte de receita para o seu negócio.

Atrair e reter mais clientes

Oferecer produtos e serviços financeiros/bancários aos clientes é uma boa maneira de aumentar a fidelização.

Isso porque a empresa, melhor que ninguém, conhece de perto todas as necessidades e dores do seu público.

Dessa forma, consegue criar soluções que atendem pontualmente pontos como esses — por meio de aplicações via BaaS — o que contribui para que não precisem buscar em concorrentes respostas para os seus problemas.

A mesma ideia vale quando o assunto é atração. Afinal, uma companhia que soluciona os contratempos pelos quais os clientes estão passando — e, além disso, consegue se colocar um passo à frente das suas necessidades —, certamente, conta com um importante diferencial de mercado e, por isso, merece ser considerada como parceira de jornada.

Possibilidade de escolher os serviços mais relevantes para o seu público

Assim como já mencionamos, o Banking as a Service tem uma grande vantagem que é a possibilidade de a empresa interessada em implementar esse recurso escolher apenas os produtos e serviços que mais lhe interessam.

Ou seja, dentre todas as soluções financeiras e bancárias que o BaaS possibilita, você pode trabalhar somente com aqueles que realmente são relevantes para o seu público-alvo, o que ajuda a evitar desperdício de tempo e de investimento em estratégias que não são relevantes para o momento que o seu negócio está vivendo.

Reduzir custos para os seus clientes e para a sua empresa

Ao contrário dos bancos tradicionais, oferecer aos seus clientes e parceiros de negócio produtos e serviços financeiros digitais próprios diminui os gastos que esses têm com a manutenção de suas contas.

Isso acontece visto as soluções criadas e oferecidas via BaaS estarem em um ambiente virtual, o que elimina custos com infraestrutura, funcionários e outros que, comumente, são repassados aos correntistas.

Para a sua empresa, o Banking as a Service é uma solução rentável pois, como todas as soluções são adquiridas por meio de APIs, não é preciso montar (e manter) um time de profissionais para isso, nem ter gastos com desenvolvimento.

Promover a digitalização do dinheiro

A digitalização do dinheiro consiste em utilizar menos valores em espécie (dinheiro impresso) e aumentar o uso de soluções financeiras digitais.

Essa nova realidade, cada dia mais presente, torna os processos financeiros mais rápidos e seguros. 

Além disso, empresas que se enquadram a essa nova realidade se tornam mais competitivas no mercado em que atuam e atendem com mais precisão o atual comportamento dos consumidores.

De acordo com dados apresentados no nosso “Relatório de Tendências 2022”, a digitalização das transações financeiras foi responsável por tirar de circulação mais de R$ 40 bilhões de dinheiro em espécie entre janeiro e outubro de 2021.

No que se refere à adoção dos brasileiros aos meios de pagamentos digitais, o levantamento também apontou que 89% já aderiram às carteiras digitais e que o Pix se tornou uma das soluções mais utilizadas, com mais de 117,7 milhões de usuários. 

Para entender tudo sobre o crescimento do sistema de pagamento instantâneo do Banco Central, baixe agora mesmo o nosso e-book exclusivo: “Como o Pix está revolucionando o varejo 

Oferecer mais agilidade em transferências

Ao oferecer produtos e serviços financeiros via BaaS sua empresa resolve pontualmente as dores dos seus clientes B2B, e ainda colabora para que tenham uma gestão financeira mais ágil.

Por exemplo, ao invés de terem que lidar com diversos bancos e fazer transferências entre eles, tudo é resolvido em um mesmo ambiente (que é a sua solução), com custos menores e de maneira mais rápida.

Gerar uma nova fonte de receita para o seu negócio

E justamente pelo fato de os serviços financeiros criados pelo Banking as a Service serem da sua empresa, as taxas e tarifas que os seus parceiros e clientes pagariam para outras instituições financeiras ficam na sua empresa.

Assim, ao transacionar o fluxo financeiro deles, você tem a chance de obter uma nova fonte de receita, e sem precisar se desviar do seu foco de atuação.

E quais seriam os desafios do Banking as a Service?

Mas saber o que é Banking as a Service inclui também entender um pouco mais sobre seus principais desafios.

Esses, no caso, dizem respeito especialmente ao atendimento de normas, legislações e regulamentações para que uma empresa possa começar a trabalhar com serviços financeiros.

No entanto, o BaaS se torna opção viável para qualquer modelo de negócio, pois todos esses pontos são resolvidos e de responsabilidade do desenvolvedor responsável por essa solução, que comumente é uma fintech as a service.

Com isso, toda e qualquer interação com os órgãos reguladores são de domínio de quem desenvolveu as aplicações.

Por que saber o que é Banking as a Service vale a pena? 

O Banking as a Service se tornou uma oportunidade de negócio bastante interessante e promissora para empresas de diferentes segmentos por conta da crescente transformação digital pela qual vem passando os setores de modo geral, mas, principalmente, dos serviços financeiros.

Isso também é resultado do novo comportamento dos consumidores, que buscam soluções otimizadas, dinâmicas e rápidas para o seu dia a dia. 

No mercado B2B, as companhias querem usar ferramentas e sistemas que tornem seus processos mais ágeis, precisos e seguros, que contribuam para aumentar a produtividade dos seus times e, consequentemente, melhorar o relacionamento que têm com os seus clientes.

Sobre isso, é bastante válido destacar outro ponto citado no nosso relatório de tendências, o qual ressalta que a integração de novos setores ao mercado financeiro tem contribuído para aprimorar a experiências dos clientes, especialmente por conta do desenvolvimento de soluções que atendam de forma pontual as suas necessidades.

Quanto a essa inserção, estima-se que os novos players financeiros de banco integrado gerarão US$ 230 bilhões em receitas até 2025.

Entenda mais sobre isso tema assistindo ao terceiro episódio do nosso relatório de tendências 2022:

Outros motivos para trabalhar com Banking as a Service

Agora que você sabe o que é Banking as a Service, como funciona, suas vantagens e desafios, que tal saber por que sua empresa deve trabalhar com BaaS?

Veja alguns dos principais motivos:

  • expande seu portfólio de serviços;
  • viabiliza a oferta de soluções financeiras/bancárias exclusivas para o seu público;
  • dá a oportunidade de gerenciar toda a cadeia de pagamentos dos seus clientes e parceiros sem precisar de um banco;
  • gera experiências personalizadas ao seu público-alvo, estreitando o relacionamento;
  • contribuiu para aumentar o seu faturamento;
  • é um importante diferencial competitivo de mercado.

Quais empresas já trabalham com Banking as a Service?

Existem várias companhias que descobriram o que é Banking as a Service e já trouxeram esse conceito para seus negócios.

Um bom exemplo é o iFood, líder no ramo de delivery que, com a ajuda da Zoop, criou o chamado “Banco dos Restaurantes”. 

Trata-se de um banco digital do iFood pensando para atender exclusivamente os donos de restaurantes e estabelecimentos comerciais cadastrados na plataforma da marca.

A empresa de delivery — que já havia desenvolvido as suas próprias soluções de pagamento, tais como maquininha de cartão, QR Code, Pix, entre outros —, solucionou mais uma das dores dos seus parceiros de negócio ao entregar para eles uma conta digital e cartão pré-pago.

Confira tudo sobre esse case assistindo a este vídeo:

Como a Zoop pode ajudar o seu negócio nessa nova jornada?

A Zoop, fintech líder em tecnologia para serviços financeiros, possibilita que marketplaces, ERPs, empreendedores e diversas outras empresas (incluindo até outras fintechs), passem a atuar também como instituições de pagamentos, ainda que não seja esse o foco dos seus negócios.

Além de contribuir para que a companhia conquiste uma nova fonte de receita, a infraestrutura de Banking as a Service da Zoop permite o aprimoramento das logísticas financeiras dos seus contratantes.

O maior diferencial é que a Zoop trabalha com o modelo White Label Banking. Ou seja, seus parceiros podem explorar a tecnologia da fintech para criarem produtos e serviços financeiros com as suas próprias marcas.

E por trabalhar com soluções modulares, é possível escolher somente as soluções que realmente agreguem valor ao negócio.

Como toda a aplicação do BaaS é feita via API, os parceiros da Zoop não precisam se preocupar com barreiras regulatórias, custos de desenvolvimento das soluções ou com o tempo de implementação.

Conheça mais sobre a Zoop!

Além do Banking as a Service, a Zoop conta com uma plataforma de serviços financeiros White Label completa.

Nela, você encontra tecnologia para conta digital, splits de pagamento, antecipação de recebíveis, captura para pagamentos presenciais (maquininhas), boletos e outros meios de pagamentos. Tudo isso com sua própria marca!

Converse agora com um especialista, junte-se ao iFood, Sympla, Avec e outras grandes marcas que também geram valor com a oferta de serviços financeiros próprios!

Zoop. Tecnologia para os serviços financeiros do futuro.

4.3/5 - (48 votes)
Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo