Vem aí mais uma Black Friday, e com ela uma excelente oportunidade para aumentar o seu volume de vendas.

De acordo com o portal Busca Descontos, idealizador da sexta-feira de ofertas aqui no Brasil, a estimativa é alcançar mais de R$ 2,6 bilhões em transações, superando o volume do ano passado.

Uma pesquisa feita pelo Google, mostrou que o número de pessoas que farão suas compras em lojas físicas deve ser igual ao dos consumidores virtuais. Por isso, ter uma boa estratégia suportada por uma infraestrutura de pagamentos é essencial para vender mais na Black Friday.

Por isso, neste texto, vamos compartilhar três dicas para uma infraestrutura robusta de pagamentos e serviços financeiros que seu negócio deve fornecer para seus parceiros venderem mais na Black Friday!

1 – Splits de pagamento

Oferecer um bom split de pagamento é a primeira forma de otimizar o processo de cobrança de uma loja virtual, ainda mais para os pagamentos realizados durante a Black Friday.

O split de pagamento, ou split payment, garante que o cliente compre diversos produtos, de diferentes fornecedores, gerando uma única cobrança.

Para o consumidor, a grande vantagem é a otimização do tempo, evitando que precise pagar os itens separadamente para cada lojista.

Para os marketplaces, a facilidade de divisão de valores já no momento de checkout, direcionando para cada fornecedor a quantia devida com dedução de taxas automática, além da conciliação financeira feita de uma única vez, garantem um controle melhor, mais rápido, confiável e otimizado.

2 – Boleto bancário

Como o foco principal é oferecer uma melhor experiência de compra aos consumidores para vender mais na Black Friday, permitir a opção de boleto bancário pode aumentar o seu leque de oportunidades, uma vez que ainda existe um grande número de pessoas que fazem uso do cartão de crédito.

Segundo a Febraban, 40% dos brasileiros ainda não possuem conta bancária. Por isso, só oferecer cartões de crédito e débito como forma de pagamento na Black Friday pode afastar clientes e atrapalhar as vendas dos seus lojistas.

Além disso, o boleto bancário também é uma boa alternativa para quem possui cartão, mas não conseguir utilizá-lo no momento por qualquer motivo.

Para mais detalhes, confira a solução de boletos bancários da Zoop!

3 – Cartão de crédito (com diferentes bandeiras)

Como as chances do consumidor gerar o boleto e não pagar é alta, também devido a falta de praticidade que os outros meios de pagamento oferecem. Devido a esse fator, os pagamentos via débito e crédito ainda são os melhores para os marketplaces e e-commerces.

O 40ª WebShoppers, importante relatório de dados sobre comércio eletrônico, apontou que 67% dos usuários utilizam o cartão de crédito para fazer suas compras online, contra 52,6% dos pagamentos via débito.

Na mesma linha, garanta que seu negócio:

  • Aceite a maior variedade de bandeiras (Visa, Mastercard, Elo e entre outras);
  • Garanta a possibilidade de dividir a compra em diferentes cartões;
  • Evidencie os selos e protocolos de segurança de dados no fluxo de pagamento.

Afinal, o consumidor precisa sentir credibilidade e segurança na hora preencher os dados do cartão. Para mais informações, conheça nossa solução de pagamentos online.

(Bônus) Outras opções de pagamento

Quanto mais opções de pagamento, maior o volume de vendas tende a ser.

Por isso, aqui vão mais algumas opções de pagamentos para você considerar:

  • Combo cartão + boleto é uma outra possibilidade a ser considerada;
  • Pagamentos via TED (Transferência Eletrônica Disponível) que atende muito bem os consumidores que possuem receio de digitar seus dados bancários em uma plataforma de terceiros;
  • As carteiras digitais como Apple Pay e Google Pay, permitem uma experiência de compra ainda mais rápida para o consumidor e se tornam diferenciais em pagamentos presenciais.

Que tal aplicar essas dicas e vender mais na Black Friday agora?

Para finalizar, vamos ao case de sucesso da Cissa Magazine, um dos maiores Marketplaces do Brasil.

Mas ainda dá tempo de ser case de sucesso na Black Friday?

O fato de faltar menos de 1 mês para a Black Friday não quer dizer que não há mais nada que lojistas e marketplaces possam fazer para ter uma boa infraestrutura de pagamentos.

Por se tratar de tecnologia, Rodrigo Miranda, sócio-fundador da Zoop, reforça quanto é possível implementar novas facilidades em pouco tempo:

“Os processos de integração mais rápidos podem levar no máximo 3 dias, porque nossas APIs são totalmente abertas para conversar com as estruturas de lojistas de diferentes portes e setores de atuação”, afirma.

A prova disso é a Cissa Magazine, marketplace especializada em produtos eletrônicos que atende todo Brasil. Para garantir agilidade nas compras e, assim, evitar que os clientes abandonem os carrinhos, o e-commerce contratou as soluções da Zoop e já constatou inúmeros benefícios.

“Um ponto crucial que a Zoop deve nos ajudar muito é na estabilidade das transações e boletos gerados de forma correta e sem falhas”, ressalta Gabriel Linardi, Head da Operação de Pagamentos da Cissa Magazine.

Tudo certo com sua Infraestrutura de pagamentos e serviços financeiros para Black Friday?

Se você ainda não garantiu a infraestrutura de pagamentos adequada para seus parceiros venderem mais na Black Friday, não se preocupe.

Nós, da Zoop, provemos todos os serviços financeiros e meios de pagamento mencionados para que seu Marketplace ou ERP os forneça a seus parceiros.

→ Converse com um especialista! ←

Com nossa plataforma de serviços financeiros e meios de pagamentos whitelabel, que conta com tecnologias de captura para maquininhas, boletos e outros meios de pagamentos com sua própria marca, você elimina barreiras regulatórias, custos de desenvolvimento e tempo de implementação para sua empresa crescer focada no que faz melhor.

Junte-se ao iFood, Sympla, Avec e outras grandes empresas de sucesso na black friday agora!

Ana é Gerente de Marketing, possui experiência com produtos digitais e desenvolvimento de ofertas.