Mercado

Modelos de negócios inovadores: 10 empresas que integraram serviços financeiros aos seus negócios e expandiram suas atuações

Publicado em 07 de outubro de 2020 por Redação Zoop

A cada dia, novos modelos de negócios inovadores surgem em diversos setores, modificando as operações tidas, até então, como as tradicionais e padrões.

Uma pesquisa realizada ano passado pela empresa de consultoria E-Consulting, entrevistou 867 executivos das 1.000 organizações com maior operação no Brasil para saber quais eram as principais empresas com modelos de negócios inovadores.

A lista foi formada com 25 grandes marcas de diferentes segmentos. Em primeiro lugar do ranking ficou a Netflix, serviço de streaming de filmes e séries.

Na segunda posição o iFood, delivery de alimentos e empresa parceira da Zoop, que ganhou nota 8,19 dos executivos, ficando na frente de nomes como 99 (aplicativo de transporte), e de bancos digitais como o Nubank, C6 Bank e Banco Inter.

No que diz respeito aos serviços financeiros digitais propriamente ditos, o processo de inovação disruptiva tem contado com intensa participação de empresas que não fazem parte direta desse setor.

Grandes redes varejistas, por exemplo, passaram a oferecer aos seus clientes produtos financeiros próprios.

Isso ampliou suas atuações, atingiu a parcela de pessoas que não são atendidas pelos bancos tradicionais e, consequentemente, gerou uma nova fonte de receita para essas empresas.

Como isso foi possível? O Banking as a Service, ou BaaS, é uma alternativa. Entenda melhor como funciona essa solução e confira outras marcas que estão transformando negócios tradicionais em escaláveis.

 

O conceito por trás dos modelos de negócios inovadores

O conceito dos modelos de negócios inovadores caminha lado a lado com a proposta de inovação disruptiva.

Ou seja, a ideia é transformar um produto ou serviço caro e complicado, em algo barato e acessível a todos.

Quando o assunto são serviços financeiros, pensar na chegada das fintechs deixa essa explicação ainda mais clara. Isso porque essas empresas mudaram a relação das pessoas com as instituições bancárias ao oferecer serviços desburocratizados e, muitas vezes, livres de tarifas.

Mas além de atender à necessidade dos consumidores de acesso a soluções mais práticas, os produtos financeiros digitais passaram a ser vistos pelas empresas com um importante diferencial competitivo.

Nesse ponto, mesmo as que não fazem parte desse mercado buscaram meios de oferecer aos seus clientes serviços iguais ao de um banco digital, tais como conta digital, cartão de crédito, cartão de débito, entre outros.

Leia também: “Plataforma de pagamento digital: 5 vantagens que justificam a oferta dessa solução

 

10 modelos de negócios inovadores que envolvem serviços financeiros

Diversos modelos de negócios inovadores podem ser vistos no varejo. O setor passou a ter forte presença na oferta de serviços financeiros, o que trouxe vários benefícios para essas empresas e para os seus clientes.

Entre as vantagens da inclusão desses serviços está a promoção de uma experiência melhor para o cliente que, livre das exigências típicas dos bancos tradicionais, consegue acesso fácil e rápido a produtos financeiros digitais.

Consequentemente, isso eleva a taxas de fidelização, aumenta a confiabilidade e autoridade da marca, resultando no crescimento do volume de vendas.

Veja exemplos de modelos de negócios inovadores do varejo que envolvem serviços financeiros:

  • Pernambucanas: oferece conta digital, empréstimo pessoal, seguros, entre outros produtos;
  • Magazine Luiza: criou o MagaluPay, conta digital, o Magalu Pagamentos para vendedores do seu marketplace, mas também oferece cartão de crédito, empréstimo pessoal, crédito consignado e outros serviços pela Luizacred, sua financeira.
  • Renner: conseguiu autorização do Banco Central para criar sua própria instituição financeira, a Realize;
  • Marisa: além do cartão de crédito que leva a marca da empresa, oferece também empréstimo pessoal, seguros de assistência pessoal e se prepara para trabalhar com planos de previdência privada;
  • Casas Bahia e Ponto Frio: ambas da Via Varejo, que conclui a aquisição do banQI, plataforma de conta digital com cartão pré-pago e outras soluções;
  • Carrefour: recebeu autorização do Banco Central para atuar como banco múltiplo;
  • Natura: criou uma conta digital para seus consultores com cartão pré-pago e outros serviços financeiros digitais.

 

Se ampliarmos os exemplos para outros setores, podemos citar duas empresas parceiras da Zoop: a Sami Sistemas e o iFood, citada no início deste artigo.

  • Sami Sistemas: ERP do ramo imobiliário, oferece aos seus parceiros de negócio conta digital própria, o que facilitou também seu processo de split de pagamento e de conciliação bancária;
  • iFood: empresa líder em delivery de alimentos, começou sua oferta de soluções financeiras com maquininhas de cartão próprias, otimizando o processo de entrega dos seus parceiros de negócio e a sua conciliação bancária. Agora, conta também com conta digital que leva sua própria marca.

 

Entenda melhor essa trajetória de inovação assistindo estes vídeos:

 

 

 

Como tornar a sua empresa um negócio inovador e escalável

Para se tornarem modelos de negócios inovadores com a oferta de serviços financeiros, muitas dessas empresas fecharam parcerias com bancos tradicionais — como a Natura com o Santander e o Magazine Luiza com o Banco do Brasil.

No entanto, a parceria com as fintechs é uma boa alternativa para quem pretende trabalhar com Banking as a Service.

O BaaS é a solução que está mudando o modelo de operação dos negócios tradicionais, tornando-os financeiros e escaláveis.

 

O que é Banking as a Service

Banking as a Service é uma tecnologia que permite que qualquer empresa possa oferecer produtos e serviços financeiros com a sua marca.

Assim, mesmo que esse não seja seu principal ramo de atuação (a exemplos dos modelos de negócios inovadores que citamos) é possível trabalhar também com todos os serviços de um banco digital.

Disponibilizado por meio de APIs, que são conjuntos de instruções de programação, a integração do BaaS é feita de maneira fácil e rápida à sua empresa.

Entre as vantagens do Banking as a Service está o fato de que todos os produtos financeiros que oferecer aos seus clientes receberão a marca da sua empresa.

Isso aumenta a credibilidade da sua empresa, ajuda na fidelização, na atração de novos clientes e a torna mais competitiva.

Toda a parte de regulamentação necessária para atuar como um banco digital é de responsabilidade do desenvolvedor. Ou seja, além de não ter custos com o desenvolvimento dos produtos, você também não precisa se preocupar com questões legais.

O Banking as a Service ajuda a transformar a sua empresa em um negócio escalável, contribuindo para o seu crescimento e também dos seus parceiros.

Além de trazer inovação disruptiva para o seu negócio, o BaaS ajuda a:

  • expandir seu portfólio de soluções, diferenciando sua empresa das demais do mesmo segmento, tornando-a mais atrativa para clientes e investidores;
  • oferecer produtos mais aderentes, consolidando sua base de clientes;
  • gerar uma nova fonte de receita.

Conheça o Zoop Banking

O Zoop Banking lhe ajuda a proporcionar a mesma experiência dos bancos digitais já conhecidos aos seus clientes, porém, com a sua marca.

Livre de barreiras regulatórias, é possível transformar a sua empresa em um negócio escalável com a oferta de soluções de serviços financeiros que incluem:

  • TED;
  • transferência entre contas;
  • pagamentos diversos;
  • cartão pré-pago;
  • PIX, sistema de pagamentos e transferências instantâneos.

 

Entre em contato agora com a Zoop e junte-se ao iFood e a mais de 500 empresas que já agregaram ainda mais valor aos seus negócios com a oferta de produtos e serviços financeiros.

 

Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo