Mercado

Omnicanalidade em meios de pagamento: por que e como oferecer?

Publicado em 15 de fevereiro de 2021 por Redação Zoop

Omnicanalidade significa oferecer ao seu cliente uma experiência de compra totalmente integrada, na qual canais físicos e virtuais atuam juntos e garantem um processo fluido, sem ruídos ou interrupções.

O conceito omnichannel pode ser aplicado para integrar canais de atendimento, pontos de vendas online e offline, bem como as soluções de pagamento.

Quanto a isso, estamos nos referindo a, por exemplo, permitir que uma compra presencial seja paga por um meio de pagamento digital, como o Pix ou outras opções via aplicativos móveis.

Para o cliente, essa integração melhora a sua experiência e, muitas vezes, pode ser fator determinante na sua decisão de compra.

Já para as empresas, os ganhos podem ser vistos com a melhora da imagem perante o público e a novas oportunidades de negócios que podem ser geradas.

Mas como trazer esse conceito de omnicanalidade para o seu negócio? Qual o papel das empresas fintechs nesse processo? 

O que é omnicanalidade e qual o seu objetivo

Omnicanalidade significa a integração dos canais de uma empresa, tais como de atendimento, de vendas ou de pagamento.

Por exemplo, é permitir que o cliente conheça um produto na loja física, mas faça a compra pelo site, pagando o mesmo valor e recebendo a sua mercadoria no mesmo prazo de entrega.

No que diz respeito às soluções de pagamento, como mencionamos anteriormente, podemos exemplificar a omnicanalidade quando você oferece ao seu consumidor a chance de pagar uma compra presencial utilizando uma solução digital, como um QR Code ou link de pagamento.

O principal objetivo da omnicanalidade é entregar ao cliente uma experiência de compra melhorada, mais otimizada, personalizada e dinâmica. 

A aplicação desse conceito na sua empresa permite oferecer ao seu público diversas opções que realmente se conectam entre si.

Isso não apenas garante a fluidez dos processos e melhora o relacionamento entre marca e consumidor, mas também coloca o cliente como foco da operação, ao deixá-lo livre para escolher a opção que melhor lhe atende naquele momento.

Não deixe de ouvir este episódio do Papo na Nuvem:

O impacto das soluções de pagamento no volume de vendas

Quando falamos em um varejo omnichannel, é preciso lembrar que os meios de pagamento oferecidos têm grande peso na decisão de compra dos clientes

Além disso, as soluções digitais vão cada vez mais ao encontro do novo comportamento do consumidor.

O levantamento “Meios eletrônicos de pagamento — Balanço 3º trimestre de 2020” da Abecs, Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços, por exemplo, mostrou o crescimento da digitalização da economia.

O acumulado de janeiro a setembro apontou que os pagamentos digitais representaram R$ 1,38 trilhão movimentados.

As compras remotas pagas com cartão tiveram um aumento de quase 50%, quando comparadas ao mesmo período do ano anterior, e representaram um forte impulso para o varejo nesse período. 

O uso das novas tecnologias nos meios de pagamento

Somado a isso, as novas tecnologias voltadas para pagamento passaram a fazer parte do dia a dia dos consumidores e tiveram o seu uso ampliado, especialmente por conta das limitações impostas pela pandemia do novo coronavírus.

Ainda de acordo com o estudo da Abecs, os pagamentos por aproximação cresceram 622,5% no terceiro trimestre de 2020, movimentando mais de R$ 14,4 bilhões.

Mas outros tipos de pagamentos móveis via aplicativos também foram bastante utilizados nos últimos tempos.

Segundo a SBVC, Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo, entre as soluções desse modelo usadas em compras presenciais, as carteiras digitais foram a escolha de 85% dos entrevistados e o QR Code de 55%.

O crescimento de 21% (diferença entre esse estudo da SBVC e o anterior) quanto ao uso de pagamento móveis via app em lojas físicas só comprova quanto a omnicanalidade se tornou importante para o varejo.

E claro, não podemos deixar de citar também o Pix no varejo, que foi visto como um importante aliado da retomada econômica.

Entre os motivos está o fato de esse meio de pagamento facilitar a finalização da compra, fator que pode contribuir bastante para a tomada de decisão do consumidor.

Não deixe de ler “Mercado de meios de pagamentos: tendências e mudanças esperadas para 2021

Como trazer a omnicanalidade para os seus meios de pagamento

O caminho mais indicado para trazer a omnicanalidade para a sua empresa é utilizando uma plataforma de pagamento omnichannel oferecida por uma fintech as a service.

Dessa forma, você consegue entrar para o mercado de meios de pagamento, sem se desviar do foco do seu negócio.

Essa solução permite criar e integrar diversas opções de pagamento para a sua empresa, trazendo vantagens como:

  • possibilidade de novas oportunidades de negócios;
  • melhora da imagem da sua marca;
  • aumento das taxas de fidelização;
  • aumento do poder de atração;
  • maior diferencial competitivo.

 

Obviamente, os seus clientes também ganham com uma experiência de compra mais fluida, cômoda, e até com a otimização do tempo de liberação dos produtos e/ou serviços adquiridos.

No painel realizado em novembro do ano passado “Fintechzação & Omnicanalidade — Serviços financeiros como oportunidade para inovar na experiência do cliente” que fez parte do evento Innovation Xperience Conference, apoiado pela ABO2O, Rafael Lavezzo, Chief Revenue Officer da Zoop destacou como ajudamos nesse processo.

O propósito da Zoop é empoderar a criação de empresas de pagamento, de bancos, de movimentação financeira, de crédito etc, por meio de um serviço white label e que permite à empresa focar no seu negócio e no consumidor final.

Trazemos a possibilidade da inclusão dos serviços financeiros — pagamento, banking e crédito —, por meio de boas soluções. 

Somos uma plataforma B2B2C e estamos no mercado justamente para fazer com que nossos parceiros mantenham o foco no seu core business. 

Nossa solução permite às empresas construírem o formato que quiserem, modular, não modular, criar um banco digital, criar só pagamento, só crédito etc, e outras camadas adicionais que permitem a geração de novas receitas para o negócio”.

Vale destacar também que, além de promover a omnicanalidade, a sua empresa passa a oferecer produtos e serviços financeiros com a sua própria marca. Tudo isso livre de barreiras regulatórias ou de custos relacionados ao desenvolvimento dessas soluções.

Quer saber como isso é possível? Converse agora com um dos nossos consultores e confira como entregar ainda mais valor aos seus clientes.

Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo