Negócios

Cartão de débito online: por que oferecer esse método para compras no e-commerce?

Publicado em 08 de outubro de 2021 por Redação Zoop
Avalie este post

O cartão de débito online não é um meio de pagamento muito utilizado pelos consumidores que realizam compras no e-commerce.

De acordo com uma pesquisa do Opinion Box, no ranking geral de métodos de pagamentos mais utilizados pelos brasileiros, a função débito aparece em terceiro lugar, com 66% da preferência — em primeiro está o dinheiro, com 78%, e em segundo o cartão de crédito, com 73%.

Nas compras realizadas em lojas físicas, o mesmo levantamento aponta o cartão de débito na segunda posição (22%), e o cartão de crédito na primeira (40%). 

No entanto, quando os entrevistados são questionados qual o meio de pagamento que mais usam para realizar compras em lojas virtuais, as respostas são: cartão de crédito 58%; boleto bancário 15% e carteira digital 8%.

Um dos principais motivos que leva a esse comportamento está relacionado à sensação de falta de segurança. Afinal, uma vez que a transação dessa forma é aprovada, o valor sai automaticamente da conta do cliente. 

Isso já não acontece quando se usa o cartão de crédito, no qual, caso haja suspeita de fraude, é possível contestar a operadora e o banco.

Depois dessas informações você deve estar se perguntando: “Mas se o cartão de débito online é pouco usado pelos consumidores do e-commerce, por que vale a pena oferecê-lo?”

Há, basicamente, duas respostas que justificam essa oferta. A primeira é que novas camadas de segurança estão sendo adotadas para que os clientes possam usar essa função com mais tranquilidade.

A segunda é que, mesmo que o cartão de crédito tenha mais adesão, o cartão de débito continua sendo utilizado por inúmeras pessoas. Isso quer dizer que não disponibilizar essa solução pode resultar em muitas vendas perdidas.

Confira, neste artigo, as vantagens desse meio de pagamento e como oferecê-lo no seu comércio eletrônico.

Por que a função débito é pouco utilizada nas compras virtuais?

Como mencionado, um dos principais motivos que levam os clientes a não usarem cartão de débito online é o medo de serem vítimas de golpes, sensação que é facilmente compreendida.

Ao contrário do cartão de crédito que tem um período entre a data da compra e a data de pagamento da fatura, na função débito o valor sai da conta do cliente no momento em que a transação é aprovada.

Por exemplo, se ele estiver sendo vítima de um site de vendas falso, uma vez que concluir o processo não haverá como revertê-lo ou contestar a quantia paga. 

Sobre isso, vale destacar que o número de tentativas de fraudes na internet aumenta na mesma proporção que o volume de vendas no e-commerce cresce.

Dados da empresa antifraude Clearsale, divulgados no G1 Economia, apontaram que, apenas no primeiro semestre de 2021, foram registradas 2,6 milhões de tentativas de fraudes em compras digitais — aumento de 32,7% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Outra pesquisa, essa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), também divulgada no G1, revelou que 59% dos internautas brasileiros sofreram algum tipo de golpe financeiro em 2020.

Algumas das fraudes aplicadas foram:

  • clonagem de cartão: 24%;
  • compras realizadas com documentos falsos, roubados, perdidos: 13%;
  • cartões emitidos com base em documentos falsos, roubados, perdidos: 9%

 

Dica de leitura: “Sistema antifraude para e-commerce: o que é e por que é fundamental para empresas e clientes?

O que pode impulsionar a adesão ao cartão de débito online?

Apesar desses dados e do comportamento do consumidor, o uso do cartão de débito online tem tudo para aumentar.

O principal motivo disso é a adoção de novas camadas de segurança por parte das operadoras de cartões e instituições financeiras.

O 3DS 2.0 é uma versão atualizada no protocolo de segurança estabelecido para transações financeiras virtuais.

A ideia é reduzir o máximo possível o número de tentativas de fraudes, aumentar a confiabilidade dos usuários e, também, otimizar a etapa de pagamento das compras.

Uma das características do 3DS 2.0 é que ele fornece 10 vezes mais dados durante o processo de comunicação entre os envolvidos no pagamento (cliente, varejista e emissor do cartão). 

Esse recurso ajuda a identificar o portador do cartão de forma mais rápida e pontual, diminuindo as chances de golpes financeiros.

Para entender mais sobre o 3DS 2.0, ouça este episódio do Papo na Nuvem:


Do ponto de vista do lojista, algumas formas de incentivar o cliente a comprar com cartão de débito na internet são destacar as medidas de segurança utilizadas pela empresa, oferecer descontos exclusivos nas aquisições pagas com a função débito, entre outras abordagens.

Quais são as vantagens de disponibilizar esse meio de pagamento?

Para os comerciantes, a primeira vantagem obtida ao permitir que o público realize pagamentos com cartão de débito online é o tempo de recebimento dos valores.

Ainda que dependa da credenciadora que está intermediando o processo, de modo geral, os pagamentos realizados via cartão de débito costumam ser creditados na conta do varejista em até um dia útil.

Na função crédito esse prazo, geralmente, é maior, podendo levar de 30 a 45 dias, dependendo do contrato firmado e do número de parcelas da compra.

A segunda vantagem é que o cartão de débito online é usado por um percentual significativo de consumidores. Não oferecer ou tirá-lo do seu leque de ofertas pode resultar na perda de muitas vendas e, consequentemente, na queda do seu faturamento.

Dados da Abecs, Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços, apontaram que R$ 4,2 bilhões foram movimentados via cartão de débito nas compras não presenciais no segundo trimestre de 2021.

Para quem trabalha com varejo omnichannel, é interessante saber que os pagamentos por aproximação no débito resultaram na movimentação de R$ 10,6 bilhões no mesmo período, um aumento de 904% nessa função, segundo revela o mesmo levantamento.

Não deixe de ler: “Contactless: por que oferecer essa tecnologia nos seus meios de pagamento?

Como disponibilizar pagamentos via cartão de débito online?

O caminho mais fácil e seguro para disponibilizar aos seus clientes pagamentos com cartão de débito na internet é utilizando uma boa plataforma de pagamentos online.

Uma plataforma de pagamentos online é uma solução que reúne diferentes meios de pagamento digital, facilmente integrada ao seu canal de vendas, e que também facilita a gestão financeira do seu negócio.

Com essa ferramenta é possível disponibilizar aos seus clientes não apenas pagamentos com cartão de débito, mas também crédito, QR Code, boletos bancários, pagamentos recorrentes etc.

Mas além do cartão de débito online, o de crédito também tem tudo para ajudar a alavancar as suas vendas.

Leia o artigo “Cartão de crédito para fidelizar clientes: como utilizar essa estratégia?” e confira como!

Avalie este post
Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo