Negócios

Carteira digital para pagamento: uso cresce e ultrapassa outras soluções

Publicado em 30 de abril de 2021 por Redação Zoop

O checkout online utilizando carteira digital para pagamento aumentou 6,5% em todo o mundo, segundo apresentou o relatório The Global Payments Report, da Worldpay from FIS, empresa de tecnologia de pagamentos.

Fortemente impulsionado pelo crescimento do comércio eletrônico devido à pandemia, esse meio de pagamento se tornou o preferido na avaliação global, com um aumento no volume de transações de 44,5% em 2020, o que representa 6,5% a mais que no ano anterior.

De acordo com o mesmo levantamento, a expectativa é que, até 2024, a carteira digital para pagamento represente 51,7% de todo o volume transacionado no comércio eletrônico.

Mesmo na América Latina, que tem uma forte cultura do uso do dinheiro como meio de pagamento, as carteiras digitais tiveram significativo crescimento nas compras online: 43,5%, passando de 13,8% em 2019, para 19,8% em 2020.

Especificamente aqui no Brasil, o percentual gasto no e-commerce usando carteira de pagamento digital foi de 17%, e nas compras presenciais de 8%.

É válido destacar que a pandemia acelerou o crescimento desse meio de pagamento em, aproximadamente, três anos, comparado a uma projeção que se tinha antes da chegada do coronavírus.

Considerando o novo comportamento do consumidor, o declínio do uso do dinheiro em espécie, e as comodidades que os pagamentos digitais oferecem, a tendência é que as carteiras digitais sigam um sólido crescimento.

Inclusive, a projeção é que essa solução ultrapasse o uso dos cartões de crédito no comércio eletrônico em um futuro não muito distante — estima-se que a carteira digital para pagamento irá capturar 31,2% das transações desse setor até 2024.

Considerando todas essas constatações, o que as empresas devem esperar quanto ao aumento do uso dessa solução de pagamento pelos consumidores? Como se preparar para atender a essa nova necessidade?

Por que as carteiras digitais estão superando outros meios de pagamento?

Um dos principais motivos pelo qual o uso da carteira digital para pagamento se destacou nos últimos tempos foi a pandemia do novo coronavírus.

A necessidade de isolamento social, além de mudar a forma de atuação dos comércios que migram ou aderiram ao modelo digital de vendas, houve também a necessidade de utilizar meios de pagamentos que evitassem o contato, a exemplo dos pagamentos por aproximação.

Ainda segundo o relatório da Worldpay, em uma análise global, esse período também promoveu a diminuição do uso de cartões de crédito, das transferências bancárias e dos pagamentos na entrega.

Acredita-se, inclusive, que esse é um cenário que tende a permanecer mesmo pós-pandemia. 

A tendência é que os cartões de crédito tenham queda de uso para 20,8% e os de débito para 12%, enquanto a carteira de pagamento digital representará mais de 50% do volume de transações do comércio eletrônico em 2024.

Além disso, não se pode deixar de citar a diminuição do uso de dinheiro em espécie

Processo que também foi acelerado em três anos por conta da pandemia, esse meio de pagamento representa apenas 20,5% do volume total global de compras presenciais (PDV), uma redução de 32,1% comparando 2020 e 2019.

Na América Latina o dinheiro teve queda de 34,7% na sua utilização. Pontualmente no Brasil, esse declínio foi de 24,9%.

Aproveite e leia também: “Como será o futuro do dinheiro? Qual a participação das fintechs nessa jornada?

Qual a expectativa de crescimento das carteiras digitais para pagamento?

As carteiras digitais cresceram 43,5% em resposta à pandemia somente na América Latina. Essa solução absorveu, por exemplo, boa parte dos pagamentos que antes eram realizados com dinheiro nas compras presenciais.

Considerando também que a nova realidade provocada pela pandemia fomentou a utilização de meios de pagamento sem contato, fica ainda mais claro os motivos pelos quais a carteira digital para pagamento só tende a crescer.

Inclusive, com os cartões de débito, as carteiras digitais são os únicos métodos de pagamentos com projeção de crescimento no comércio eletrônico dos países latinos nos próximos anos:

  • carteiras digitais: +31,2%;
  • cartão de débito: +18,3%.

carteira digital para pagamento 1

Quanto ao comércio físico, ainda que os dados apontem um crescimento no uso dos cartões de crédito e de débito, a carteira de pagamento digital apresenta importante aumento, indo de 6,4% para 12,4%.

carteira digital para pagamento 2

Tendência de crescimento da carteira digital para pagamento no Brasil 

O cartão de crédito ainda continua sendo o meio de pagamento preferido dos brasileiros, tanto para compras físicas quanto para as virtuais.

Segundo dados do Opinion Box, o cartão de crédito é usado em 40% das compras presenciais, e em 58% das compras no comércio eletrônico.

O meio de pagamento também é o mais utilizado em aplicativos de transporte (49%) e em aplicativos de refeições (47%).

Dica de leitura: “Cartão de crédito para fidelizar clientes: como utilizar essa estratégia?

Mas é importante destacar que a carteira digital para pagamento também já ocupa o seu espaço nas preferências dos consumidores, representando 8% de uso para aquisições em lojas online e 12% nos apps de transporte.

Inclusive, no mix de meios de pagamento oferecido pelo comércio eletrônico em 2020, as carteiras digitais ocuparam o 2º lugar, com 17%, segundo o relatório da Worldpay — cartões de crédito representaram 43% e cartões de débito 13%.

Aqui, é interessante destacar a continuidade da diminuição do uso do dinheiro, conforme explicado anteriormente, bem como o uso cada vez mais amplo dos pagamentos sem contato. 

Sobre isso, 74% dos consumidores afirmam que continuarão usando esse tipo de solução em um cenário pós-pandemia, o que potencializa ainda mais o crescimento dos pagamentos via carteira digital no Brasil e no mundo.

Não deixe de ler: “Carteira digital White Label X conta digital White Label: qual a melhor para o seu negócio?

Como se adequar a essa nova necessidade do consumidor?

O primeiro passo para que as empresas consigam atender a essa tendência é se conscientizar da importância da transformação digital pela qual os negócios  e os meios de pagamento estão passando.

A cada ano os clientes têm acesso mais fácil e amplificado a novas tecnologias, o que também faz com que exijam das marcas mais rapidez e agilidade nos processos.

Atender a esses requisitos é essencial para evitar atritos na hora do pagamento, fato que pode, inclusive, levar o cliente a desistir da compra.

Por outro lado, oferecer diferentes meios de pagamento, especialmente os preferidos dos consumidores, é uma excelente maneira de aumentar o poder de atração de uma marca, gerando também mais fidelização e rentabilidade.

Se você quiser conhecer mais sobre as tendências do mercado de meios de pagamento para este ano e como se adequar a cada uma delas, baixe agora, gratuitamente, o nosso e-book “Soluções de pagamento: por que inovar e o que pode ser entregue aos seus clientes?

Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo