Negócios

Como fazer um boleto bancário? Por que entender isso ainda vale a pena?

Publicado em 21 de outubro de 2021 por Redação Zoop
Avalie este post

Você sabe como fazer um boleto bancário? Indo um pouco mais além, você considera que a oferta desse meio de pagamento ainda é interessante para a sua empresa e para o seu público?

Por mais que diferentes métodos de pagamento estejam ganhando espaço, a exemplo do Pix e das carteiras digitais, o boleto continua sendo um método bastante utilizado pelos consumidores.

Uma pesquisa do Opinion Box revelou que, nas compras online, esse meio de pagamento aparece em segundo lugar, utilizado por 15% dos entrevistados — o primeiro lugar na preferência é o cartão de crédito, com 58%.  

Os motivos pelos quais as pessoas utilizam essa solução para pagarem as suas compras são os mais diversos. Por exemplo, há quem tenha receio em digitar os dados do cartão em sites e aplicativos, já outras não têm relacionamento bancário, tornando o boleto a única forma de fazerem compras online.

Em resumo, razões para entender como fazer um boleto bancário não faltam, concorda? O principal deles é disponibilizar aos seus clientes o meio de pagamento que preferem usar e, com isso, evitar perder boas vendas.

Por isso, confira agora como criar um boleto bancário e porque esse meio de pagamento ainda merece ser explorado.

Como fazer um boleto bancário?

Se você precisa aprender a como fazer um boleto bancário, saiba que há, basicamente, duas formas de gerar esse título de cobranças, que são:

  • diretamente por uma instituição financeira;
  • utilizando uma plataforma de cobrança própria.

Diretamente por uma instituição financeira

Muitos bancos, sejam eles digitais ou tradicionais, oferecem aos clientes de contas PJ (conta pessoa jurídica) a opção de gerar boletos bancários para cobrarem os seus clientes. 

A mesma prática pode ser vista em plataformas (sistemas) que oferecem serviços de gestão financeira, ou soluções específicas para a emissão desse tipo de documento.

Essa maneira de fazer um boleto bancário pode ser interessante para empresas que têm baixo fluxo de emissão desse documento, ou para empreendedores que estão no início das suas atividades e ainda não fazem muitas vendas online.

Aqui, vale destacar que gerar boletos por meio de instituições financeiras ou plataformas direcionadas para esse fim tende a ser um processo manual. Isso quer dizer que, a cada venda realizada que será paga dessa forma, é preciso acessar o sistema, preencher os dados, emitir o título de cobrança e enviar para o cliente.

É preciso considerar também a obrigatoriedade de ser correntista do banco, e as tarifas cobradas por essas instituições e pelas plataformas, as quais, de modo geral, incidem sobre cada novo boleto gerado e compensado.

Somado a todos esses pontos, não se esqueça que o boleto bancário emitido por meio dessas soluções não pode ser personalizado com a marca da sua empresa. Ou seja, todas as referências contidas nesse documento remetem ao banco ou instituição financeira.

Esse fato, muitas vezes, pode gerar receio nos clientes e comprometer a credibilidade do seu negócio.

Sugestão de leitura: “Como saber se o boleto é falso: dicas e cuidados para não cair em golpes

Utilizando uma plataforma de cobrança própria 

Por outro lado, se a sua empresa tem altos volumes de venda e entende a importância de gerar boletos bancários personalizados, nada mais adequado que utilizar a sua própria plataforma de cobrança.

No caso, estamos falando sobre o uso de uma plataforma de pagamentos White Label, que consiste em uma solução que possibilita que negócios que não são nativos do mercado de serviços financeiros entreguem aos clientes os seus próprios produtos e serviços desse segmento.

As plataformas de pagamentos são ferramentas fornecidas por fintechs as a service, que são startups financeiras que cuidam do desenvolvimento e das regulamentações desse setor. Na prática, você usa a solução, mas é a marca da sua empresa que aparece em destaque.

Entenda mais sobre fintechs as a service assistindo a este vídeo:

O que é e como fazer um boleto bancário White Label?

Por meio das plataformas que acabamos de citar é possível criar boletos White Label. O termo “White Label” significa “etiqueta branca”, mas também pode ser tratado como “etiqueta em branco”.

Isso quer dizer que esse boleto levará a marca da sua empresa, o que confere muito mais profissionalismo e credibilidade ao seu negócio. 

Além disso, por estar inserido na sua própria plataforma de pagamento, a compensação acontece direto na sua conta digital, dispensando a intermediação de bancos e de outras instituições financeiras.

Não deixe de ler: “Como escolher a melhor plataforma de pagamentos white label do mercado? 4 premissas

Ainda vale a pena oferecer esse meio de pagamento?

Agora que você sabe como fazer um boleto bancário, é bem importante reforçarmos porque a oferta desse meio de pagamento continua sendo tão importante.

Conforme dissemos no início deste artigo, esse meio de pagamento ainda é bastante utilizado pelos consumidores, por mais que diversos métodos digitais estejam cada dia mais em alta.

No ranking geral de meios de pagamentos utilizados pelos brasileiros, segundo a pesquisa do Opinion Box que citamos, o boleto bancário aparece em quarto lugar, com 59% de utilização.

Inclusive, ele ainda está na frente do Pix no varejo, que teve 50% da preferência, e das carteiras digitais, que tiveram 47%.

Além de atender a preferência do público, dois outros motivos que justificam manter o boleto bancário na sua lista de opções de meios de pagamento são:

  • esse método permite que o seu negócio atenda diferentes grupos de consumidores, a exemplo dos desbancarizados e dos que não têm cartão de crédito, ou têm, mas preferem não usar para compras online;
  • de modo geral, é um meio de pagamento com custo reduzido para o lojista, visto que, por mais que tenha cobrança de tarifas, essas costumam ser menores que as praticadas em outros métodos.

 

Mas como dissemos durante a explicação de como fazer um boleto bancário, uma maneira é por bancos, instituições financeiras e sistemas de gestão financeira, e outra é utilizando a sua própria plataforma de pagamentos.

Se a segunda opção chamou a sua atenção, e tudo o que vem com ela, então acesse agora mesmo o site da Zoop, clique em “Soluções — Zoop Payments” e confira como a fintech líder em tecnologia para serviços financeiros pode ajudar você!

Zoop. Tecnologia para serviços financeiros do futuro.

Avalie este post
Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo