Pagamento

Como reduzir a inadimplência? 5 dicas para gestão de pagamentos

Publicado em 10 de maio de 2022 por Redação Zoop
Avalie este post

Toda empresa que oferece algum sistema de assinaturas ou a necessidade de gerir pagamentos periódicos de seus clientes precisa buscar meios de como reduzir inadimplência.

Afinal, a falta de pagamentos na data correta prejudica tanto o planejamento financeiro de qualquer negócio, como também pode levar a um aumento de taxas de cancelamento de serviços, também conhecido como churn.

Imagine, por exemplo, como o gestor pode dar conta de previsões orçamentárias e orientar suas tomadas de decisão pensando no futuro do negócio se ele não tem controle nem certeza de sua receita a cada mês que passa?

Além disso, a falta de apoio ao cliente para que se facilite a transação (como SMS com o link para o boleto ou uma área do cliente acessível), assim como o desconhecimento de técnicas de cobrança engenhosas, tornam-se a tempestade perfeita para que o consumidor desista do seu negócio.

Pensando nisso, preparamos esse guia exclusivo com cinco dicas que vão te ensinar como reduzir inadimplência no seu negócio? Ficou Curioso? Leia até o fim para entender melhor!

5 dicas de como reduzir inadimplência nas empresas

1. Descubra o que impulsiona o índice de inadimplência

Como primeiro passo de qualquer planejamento, é importante fazer uma avaliação geral da atual situação de pagamentos e cobranças na qual a empresa se encontra.

Nesse ponto, além de avaliar o que a empresa já faz para garantir a eficácia dos pagamentos recorrentes, ela precisa entender o porquê de não funcionar e o que leva tantos clientes a esquecerem ou não desejarem mais pagar pelo seu serviço.

Buscar um feedback por meio de uma pesquisa de e-mail ou utilizar outros canais de comunicação para travar contato com os consumidores é uma ótima maneira, por exemplo, de entender o que leva o ser negócio a mitigar o que causa a falta de pagamento, assim como definir o índice de inadimplência geral.

O fato é que, geralmente, a falta de opções de pagamento diversificadas ou a inacessibilidade a uma área de pagamento intuitiva e de fácil manuseio podem ser fatores agravantes desse processo. Por isso, falaremos disso nas dicas 2 e 3. 

2. Ofereça uma área do cliente acessível e intuitiva

Se você deseja aprender como reduzir inadimplência no seu negócio, saiba que oferecer uma plataforma pessoal para o seu cliente, a qual ele pode ter acesso de forma digital por um app, por exemplo, é um ótimo passo!

Porque além do cliente ter um canal de acesso fácil e intuitivo onde ele pode gerir todo seu histórico de pagamentos passados e futuros, a empresa também economiza bastante em processos burocráticos de:

  • reenvio de segunda via de fatura;
  • alteração do meio de pagamento;
  • pedido de extratos, etc.

 

Afinal,  o cliente vai ter mais autonomia para acompanhar suas pendências e decidir como efetuar os pagamentos.

3. Aumente as possibilidades de forma de pagamento

Quanto mais possibilidades de pagamento sua empresa oferecer, menos desculpas seu cliente terá para não pagar o serviço em dia. 

Afinal, durante um período duradouro de assinaturas, muitas variáveis podem ocorrer quer que tornem o consumidor inadimplente. 

Por exemplo, caso ele seja adepto do débito em conta, pode ser que alguma irregularidade na conta corrente não permita a liquidação da compra.

Dessa forma, ele terá outras oportunidades como cartão de crédito, boleto bancário ou até mesmo PIX para efetuar o pagamento. 

Somando essa dica com a número 2, ele terá, inclusive, a autonomia para mudar o método da transação ou até alterar para um cartão de outra titularidade de um familiar caso seja necessário. Tudo isso com apenas alguns clicks!

4. Proponha acordos para não perder o cliente

Mandar avisos prévios com condições limites para a suspensão temporária do serviço muitas vezes são necessárias e consistem em um bom exemplo de cobrança. 

Entretanto, caso você veja resistência por parte do cliente e ele comece a dar sinais de que vai desistir do serviço, este pode ser um ótimo momento para a proposição de um novo acordo com condições especiais e um novo contrato de fidelização.

Como podemos ver, esse é um ótimo meio de como reduzir inadimplência e ainda costurar uma fidelização mais duradoura. No final das contas, tanto o cliente quanto a empresa saem mais satisfeitos.

5. Invista em uma ferramenta com automação

Por fim, a tecnologia aparece como um grande aliado de quem procura meios de como reduzir inadimplência. Há ferramentas de pagamento recorrente que realizam cobranças de forma automática diretamente na conta do cliente de acordo com a data de vencimento contratada.

Esse recurso é extremamente valioso, inclusive, para a experiência de compra do cliente, que praticamente não terá esforço algum para fazer o pagamento mensalmente.

Com o consumidor mais satisfeito, maior também é a taxa de retenção de clientes no longo prazo. 

Dessa forma, o gestor da empresa terá condições de planejamento financeiro e previsão orçamentária bem mais fidedignas para tomar decisões mais assertivas estrategicamente.

Incrível, não é verdade? Diante desse cenário, nós da Zoop temos soluções como o Zoop Payments que contempla tanto a possibilidade de:

  • cobrança automática; 
  • gestão das transações comerciais;
  •  e diversidade de métodos de pagamento

 

>> Conheça mais detalhes sobre a solução Zoop Payments:

 

Se você quer aprender mais sobre as soluções da Zoop, entre em contato agora mesmo com um dos nossos representantes.

Avalie este post
Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo