Negócios

O que é Pin Pad? Qual a diferença para o terminal POS?

Publicado em 28 de fevereiro de 2022 por Redação Zoop
Avalie este post

Se você é varejista, e tem estabelecimentos comerciais que fazem vendas presenciais, precisa saber o que é Pin Pad, visto que essa solução pode otimizar o processo de pagar e receber do  seu negócio.

O Pin Pad pode ser definido como um equipamento eletrônico de pagamento que faz a leitura de cartões e que conta com um teclado para que o cliente possa digitar a senha (se necessário) e, assim, validação da transação financeira.

De modo geral, os Pin Pads aceitam diferentes tipos de cartões — a exemplo dos de crédito, débito, vale-alimentação e vale-refeição — e das mais variadas bandeiras

Explicando dessa forma o que é Pin Pad, pode dar a entender que nada mais é que um modelo de terminal POS. Mas a verdade é que, apesar de ambos fazerem a mesma função, que é receber pagamentos via cartões, suas formas de utilização são distintas.

Resumidamente, o Pin Pad não é um aparelho autônomo. Ele precisa estar conectado a outros elementos para funcionar, tais como um caixa ou um tablet. Já o terminal POS, mais conhecido como “maquininha de cartão”, opera sozinho, independentemente de conexão com outros equipamentos.

Mas isso não quer dizer que um terminal Pin Pad não tenha mobilidade, ou seja, que não possa ser levado até os consumidores. Há a versão mobile, mas que, ao contrário do POS, precisa estar conectado (via Bluetooth) a um dispositivo móvel, como um smartphone.

Essa forma de receber pagamentos presenciais despertou a sua atenção? Então continue a leitura deste artigo e confira, em detalhes, o que é Pin Pad, como funciona, principais diferenças em comparação ao terminal POS e as vantagens de trabalhar com cartões.

O que é Pin Pad?

Explicando de forma mais completa o que é Pin Pad, trata-se de um dispositivo eletrônico de pagamento que recebe valores provenientes de cartões para operações via TEF, Transferência Eletrônica de Fundos.

Esse tipo de equipamento faz a leitura dos dados do cartão de cliente contidos na fita magnética ou no chip, e possui um teclado para entrada da senha de validação, caso seja necessário. 

As máquinas Pin Pads também recebem pagamentos por aproximação (contactless), o que dispensa a digitação de senha para transações com valor de até R$ 200, o que tende a contribuir para tornar a etapa de pagamento mais ágil.

Dica de leitura: “Tudo sobre pagamento por aproximação para o seu negócio!

Como funciona o Pin Pad?

Ao ler as informações contidas no cartão, o terminal Pin Pad faz a criptografia dos dados e os envia para adquirentes ou subadquirentes, dependendo da solução usada pelo lojista. Mas, para isso, ele precisa estar conectado a outro equipamento, como o caixa do comércio ou a um dispositivo móvel, a exemplo de um smartphone ou tablet.

Nos PDVs, Pontos de Venda, essa conexão é feita de maneira física, ou seja, por meio de cabos USB ou Serial que ligam um aparelho a outro. Isso permite que o Pin Pad se comunique com o sistema de pagamento eletrônico utilizado pelo negócio e realize as operações financeiras.

No caso da versão mobile, a ligação entre a plataforma de pagamento usada e o equipamento Pin Pad é estabelecida via Bluetooth. Essa forma de conexão permite que a solução seja utilizada, por exemplo, para sistemas de delivery, desde que o entregador tenha consigo um dispositivo móvel, conforme explicamos.

No mobile Pin Pad, não é possível emitir o comprovante de pagamento e entregá-lo para o cliente fisicamente. Por conta disso, essa comprovação é enviada via mensagem de texto (SMS) para o celular do comprador.

Qual a diferença entre o terminal Pin Pad e o POS?

A principal diferença entre o terminal Pin Pad e o POS é que o primeiro precisa estar conectado a outros equipamentos para funcionar, enquanto o segundo, não.

Na prática, isso quer dizer que as maquininhas POS, sigla para o termo Point-of-Sale, são soluções autônomas, que independem de um caixa ou de um dispositivo eletrônico móvel para realizarem as transações de pagamento.

Entre os pontos positivos dos terminais POS estão:

  • contam com impressora acoplada;
  • funcionam via Wi-Fi ou internet móvel (chip);
  • fazem sozinhos a aprovação e comunicação da venda com os adquirentes/subadquirentes.

 

Já um ponto negativo é que, comumente, o POS não pode ser integrado a sistemas ERPs. Assim, se a empresa faz uso desse recurso, precisa encontrar meios de lançar as operações no sistema. O que já não acontece com o Pin Pad.

Porém, ambos os equipamentos de pagamento têm a mesma função: receber valores provenientes de cartões (débito, crédito, refeição, alimentação, entre outros), de diferentes bandeiras.

Como escolher entre essas opções de pagamento presencial?

Como acabamos de mencionar, em linhas gerais, a função do Pin Pad e o POS é a mesma. No entanto, essas soluções têm modos de operações distintos, o que pode tornar uma mais benéfica que a outra, a depender do seu modelo de negócio.

Uma forma de conseguir decidir qual a mais indicada para a sua empresa é respondendo questão como:

  • É preciso levar as maquininhas até os clientes, ou eles costumam ir até o caixa efetuar o pagamento?
  • Há pretensão de trabalhar com sistema de entregas?
  • Seu departamento financeiro utiliza soluções ERP?

Por que disponibilizar cartão como meio de pagamento na sua empresa?

De acordo com dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços, Abecs, apenas no terceiro trimestre de 2021, os cartões foram responsáveis por transacionarem R$ 687,3 bilhões, da seguinte forma:

  • cartão de crédito: R$ 420,1 bilhões;
  • cartão de débito: R$ 235,3 bilhões;
  • cartão pré-pago: R$ 31,9 bilhões.

 

No acumulado entre janeiro e setembro de 2021, mais de R$ 1,8 trilhões foram movimentados com esse meio de pagamento.

Esses números reforçam a percepção de que os cartões seguem na lista dos meios de pagamento mais utilizados pelos brasileiros — mesmo com o crescimento do Pix, que já conta com 117,7 milhões de usuários, segundo dados apresentados no nosso Relatório de Tendências 2022.

Sobre o sistema de pagamento instantâneo, não deixe de ler o artigo “Como receber pelo Pix? 4 opções para oferecer aos seus clientes!”, que, inclusive, destaca a opção do Pix via maquininha de cartão!

Como trazer boas soluções de pagamento presencial para o seu negócio?

Que oferecer cartão de crédito e de débito como forma de pagamento aos clientes é essencial, isso não restam dúvidas. Afinal, esse é um recurso que ajuda a evitar que o seu negócio perca vendas.

Mas a pergunta que pode estar na sua mente agora é: “Como fazer isso?”. Pois saiba que a Zoop pode ajudar você!

A Zoop, fintech líder na oferta de tecnologia para serviços financeiros, oferece soluções de pagamento online e presencial — para esse último, terminais e maquininhas no modelo POS e Pin Pads — e tudo com a marca da sua empresa!

Quer saber, em detalhes, como tudo isso funciona? Então acesse agora mesmo o site da Zoop e aproveite para conversar com um especialista.

 

Avalie este post
Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo