Negócios

Soluções para varejo: como o PIX e outros meios de pagamento ajudam a aumentar as vendas?

Publicado em 07 de outubro de 2020 por Redação Zoop

As soluções para varejo voltadas para meios de pagamento são, definitivamente, um dos melhores caminhos para o setor se reerguer após a crise provocada pela pandemia da Covid-19.

Além de gerar novas oportunidades de negócio — especialmente nesse processo de retomada econômica —, as soluções financeiras para varejo também preparam os lojistas para a tão esperada Black Friday 2020.

Prevista para o dia 27 de novembro, a sexta-feira de desconto chega poucos dias depois do lançamento do PIX, sistema de pagamento instantâneo do Banco Central.

Com a expectativa de revolucionar os meios de pagamento, reduzir os custos operacionais dos varejistas, aprimorar o relacionamento com os clientes, entre outras vantagens, o PIX tem tudo para se tornar uma das maiores soluções financeiras dos últimos tempos.

Mas diversas outras alternativas também estão à disposição dos lojistas, e todas contribuem para aumentar o volume de vendas neste e em outros períodos do ano. Quais seriam essas possibilidades?

5 soluções para varejo voltadas para meios de pagamento

Tudo indica que a Black Friday deste ano será a mais digital de todas. Um dos motivos é o novo comportamento do consumidor, o qual já seguia um caminho de digitalização dos pagamentos, mas foi fortemente impulsionado pela pandemia.

Um bom exemplo disso é que a própria OMS, Organização Mundial de Saúde, indicou os pagamentos por aproximação como a melhor alternativa para evitar a transmissão do coronavírus durante transações comerciais feitas de forma presencial.

Somado a esse ponto, a quarentena aumentou o volume de vendas online, o que levou à utilização dos pagamentos digitais. Com isso, mesmo quem nunca havia comprado dessa maneira, percebeu as vantagens desse canal e, ao que tudo indica, continuará utilizando-o.

Prova disso pode ser visto na pesquisa realizada pela área de Inteligência de Mercado da Globo, a qual constatou que grande parte dos consumidores pretendem usar canais digitais para aproveitar as promoções.

Nesse montante, 55% pretende usar canais de compra presencial e digital neste período, dando destaque, assim, ao varejo omnichannel.

Leia também “Operações omnichannel: quais as mais indicadas no momento? Como essa estratégia influencia nos serviços financeiros?

Mas é importante destacar que as soluções para varejo relacionadas aos meios de pagamento não devem ser intensificadas apenas com foco na Black Friday.

Quanto mais opções o varejista oferecer aos clientes para pagarem as suas compras, sejam elas presenciais ou digitais e a qualquer tempo, maiores as chances de aumentar o seu volume de vendas e de se destacar dos concorrentes.

Considerando isso, veja 5 soluções para varejo que contribuem com essa oferta e, consequentemente, com a lucratividade.

 

Terminais móveis

O uso de terminais móveis (maquininhas de cartão) é uma das soluções para o varejo que ajuda bastante a otimizar o processo de pagamento presencial.

A ideia é que o vendedor também faça a função de caixa, cobrando diretamente do cliente sem que esse precise pegar fila.

Vale lembrar que as compras com cartão continuam crescendo a cada ano. De acordo com a Abecs, Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços, no 1º trimestre de 2020 houve um aumento de 14,1% no volume de transações.

No total foram 5,8 bilhões de operações (R$ 475,7 bilhões) entre cartões de crédito, de débito e pré-pago, incluindo os pagamentos presenciais e os virtuais.

 

Pagamento por aproximação (contactless)

O pagamento por aproximação, ou contactless, utiliza da tecnologia NFC (Near Field Communication) para realizar transações financeiras apenas aproximando dois dispositivos.

No 1º trimestre de 2019, as transações realizadas por esse canal de pagamento movimentaram R$ 708 milhões. Já no mesmo período deste ano foram mais de R$ 3,9 bilhões, alta de 456%.

Ainda segundo a Abecs, já são mais de 10 milhões de terminais contactless em todo o país.

Para entender mais sobre essa solução financeira, leia este artigo “Tudo sobre pagamento por aproximação para o seu negócio!

 

QR Code

Entre as soluções para varejo direcionadas aos pagamentos, o QR Code está na lista dos que terão seu uso intensificado com a chegada do PIX — isso porque esse é uma das maneiras de realizar o pagamento instantâneo.

Mas antes mesmo dessa integração, o QR Code já vinha sendo utilizado por 1 a cada 3 consumidores brasileiros (35%).

Entre as vantagens dessa opção de pagamento estão a redução de custos operacionais, a facilidade com que as transações são realizadas e a segurança contra fraudes.

Entenda tudo sobre QR Code no artigo “O que é o QR Code? Tecnologia para decolar nos pagamentos instantâneos!

 

PIX

Por falar em PIX, entre as soluções para varejo essa, certamente, é uma das que promete maior impacto.

O sistema de pagamento instantâneo do Banco Central será lançado em novembro deste ano e está sendo visto não apenas com uma inovação no setor de pagamentos, mas também como um grande aliado neste período de crise econômica.

Isso porque a possibilidade de pagar e receber em poucos segundos tem tudo para aprimorar o relacionamento entre varejo e cliente, incentivando assim as compras.

No e-commerce, por exemplo, o PIX vai otimizar o processo de envio de mercadorias, visto que ele elimina a necessidade de aguardar a compensação do pagamento (o valor entra na conta do lojista em apenas 10 segundos).

Uma alternativa aos tradicionais TED, DOC, boleto e até cartões, o PIX reduz o tempo das transações, contribui para a digitalização do dinheiro e ainda diminui os gastos operacionais dos lojistas.

Nesse último quesito, o sistema de pagamento instantâneo contribui para eliminar custos gerados com transporte de valores, segurança, e outros relacionados.

Além disso, o PIX também promete gerar novas oportunidades de negócio, especialmente no varejo presencial.

A solução do Banco Central permite que os clientes saquem valores em dinheiro diretamente nas redes varejistas participantes. Essa opção se torna um atrativo, pois leva os consumidores até as lojas, abrindo, assim, a chance de novas vendas.

Entenda tudo sobre o PIX ouvindo este episódio do Papo na Nuvem:

 

Carteiras e contas digitais

Das soluções para varejo que podem (e devem) ser utilizadas nos meios de pagamento, as carteiras e contas digitais surgem como uma grande inovação para o setor.

A proposta é que a própria rede varejista crie a sua carteira, a sua conta digital e outros produtos financeiros, todos com a sua marca.

Isso é totalmente possível graças ao Banking as a Service, tecnologia que permite que qualquer empresa, independentemente do segmento, crie seus próprios produtos e serviços financeiros.

No varejo, especificamente, o Banking as a Service se tornou um importante diferencial competitivo.

Por exemplo, o varejista pode criar uma conta digital própria e oferecer aos clientes cartões (de crédito, débito ou pré-pago) que, quando utilizados em sua rede, geram descontos exclusivos.

Essa estratégia contribui para atrair o público, em especial aqueles que não conseguem abrir conta em bancos tradicionais, aumentar as taxas de fidelização, bem como a gerar uma nova fonte de receita para a empresa.

Tudo isso é realizável por meio de uma plataforma Banking as a Service, a qual permite que as empresas se tornem bancos digitais sem deixarem de lado o seu core business.

O Zoop Banking, por exemplo, é uma solução para varejo que ajuda as empresas a expandirem o seu portfólio de serviços, se destacando dos concorrentes, aumentando o seu poder de competitividade e se tornando mais atrativas para investidores e clientes.

Isso tudo de maneira fácil, rápida e livre de custos com desenvolvimento ou de preocupação com as regulamentações.

Conheça mais sobre o Zoop Banking e todas as suas vantagens. Fale agora com um consultor! 

Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo