Negócios

Tendências de meios de pagamento para 2022: 7 soluções para ficar de olho!

Publicado em 25 de março de 2022 por Redação Zoop
5/5 - (1 vote)

Com cada dia mais tecnologia direcionando o setor, você já parou para pensar quais são as tendências de meios de pagamento para 2022? 

Sobre essa expectativa, é inevitável não citar a influência da pandemia, a qual acelerou a transformação digital das empresas e fez com que os consumidores buscassem novas formas de pagar por suas compras. 

Uma pesquisa feita pela Mastercard revelou que 63% dos entrevistados experimentaram um novo método de pagamento durante esse período, o que não fariam em condições normais.

Descobrir soluções atualizadas e mais modernas modificou o comportamento dos clientes, os quais, segundo o mesmo relatório, afirmam que buscam por pagamentos flexíveis e esperam que as empresas ofereçam diferentes maneiras de comprar e pagar

Somada a essa constatação, mais da metade disse que evitaria companhias que não aceitam pagamentos eletrônicos de qualquer tipo.

Ou seja, conhecer quais são as tendências de meios de pagamento para 2022 é uma forma de atender às expectativas do público e, com isso, tornar o seu negócio mais competitivo e adequado ao atual cenário, o que também colabora para que não se perca boas oportunidades de vendas.

Mas quais seriam essas tendências? Entre as opções estão métodos de pagamentos rápidos, como Pix e QR Code, pagamentos por aplicativos, criptomoedas e mais.

Continue a leitura e confira, agora, quais são!

As 7 tendências de meios de pagamento para 2022

Quando se fala em tendências de meios de pagamento para 2022, a primeira imagem que surge à mente é algo tecnológico e que, até o momento, não é muito utilizado, certo?

Algumas das opções que citaremos a seguir realmente seguem esse perfil. Porém, isso não quer dizer que soluções já conhecidas e utilizadas não continuarão crescendo nos próximos 12 meses.

Um bom exemplo disso é o setor de cartões. De acordo com o relatório da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços, Abecs, o segmento deve superar R$ 3 trilhões de volume financeiro transacionado por meios de pagamentos digitais em 2022 — crescimento entre 20% e 22%, comparado ao ano anterior.

Na prática, isso quer dizer que os cartões devem, sim, seguir no leque de oferta de métodos de pagamentos oferecidos pelas empresas. 

Mas além dessa alternativa mais tradicional, o que compõe a lista de tendências de meios de pagamento para 2022? 

Meios de pagamentos rápidos

Meios de pagamentos rápidos podem ser definidos como aqueles que são realizados com poucos clientes e, alguns deles, via um dispositivo móvel, como um smartphone.

No caso, estamos falando dos links de pagamento, dos pagamentos por aproximação, do QR Code e do Pix:

  • Links de pagamento: como o próprio nome sugere, trata-se de um link no qual constam todas as informações sobre o pagamento que o cliente precisa realizar. Ele pode ser enviado por diferentes meios de comunicação, a exemplo de chats e aplicativos de troca de mensagens.

Dependendo do contrato do lojista com a empresa fornecedora da solução, o cliente consegue realizar o pagamento via cartão de débito, cartão de crédito ou carteira digital.

 

  • Pagamentos por aproximação: segundo o relatório da Abecs que citamos, o uso do pagamento por aproximação, também chamado de contactless, cresceu 300% no terceiro trimestre de 2021, em comparação ao mesmo período do ano anterior, movimentando R$ 57,5 bilhões.

Um dos métodos mais impulsionados pela pandemia, como forma de reduzir o contato, uma das razões pelas quais a solução se tornou popular e tende a continuar a ser usada é devido à facilidade com a qual os pagamentos presenciais podem ser realizados.

 

  • QR Code: o código de barra 2D armazena diversas informações sobre o pagamento a ser realizado, bastando que o cliente faça a leitura utilizando o seu dispositivo móvel. 

Um levantamento da consultoria britânica Juniper Research, divulgados no site Valor Investe, constatou que o número de pessoas que usará essa solução para pagar contas e compras poderá chegar a 2,2 bilhões até 2025, parte desse crescimento é atribuído a países emergentes, como o Brasil.

 

  • Pix: entre as formas de pagamento, o Pix é um dos que ganha mais adeptos a cada dia. Além de ser fácil de ser utilizado, outro motivo pode ser as novas funcionalidades que estão sendo disponibilizadas pelo órgão regulador.

Por exemplo, a função Pix Saque, que permite ao usuário do sistema sacar dinheiro diretamente nos caixas de estabelecimentos comerciais, e o Pix Troco, que possibilita o troco em espécie durante uma compra, começaram a funcionar em 29 de novembro de 2021.

Ambas as opções podem fomentar o uso do sistema de pagamentos instantâneo, assim como contribuir para elevar o volume de pessoas nas lojas físicas, o que pode gerar novas oportunidades de vendas.

Dica extra! Não deixe de ouvir este podcast do Papo na Nuvem sobre o primeiro ano do Pix!

Pagamentos por aplicativos

Para os pagamentos por aplicativos, existem diferentes possibilidades. Se considerarmos os aplicativos de troca de mensagens, temos o WhatsApp Pay, o qual foi autorizado pelo Banco Central para funcionar como um iniciador de pagamento em março de 2021, podendo até ser visto como uma das tendências do e-commerce em 2022.

Outra são os aplicativos próprios das marcas que integram soluções de pagamento, um bom exemplo é o iFood.

Além de receber pagamentos via cartão de crédito, cartão de débito, vale-refeição, vale-alimentação e Google Pay na mesma solução, a empresa líder em delivery também aceita Pix. 

Todas essas opções tornam os pagamentos invisíveis, visto que podem ser realizados em segundos e com pouquíssimos cliques. Isso otimiza o processo de compra, melhora a experiência do cliente final e contribui para aumentar o volume de vendas dos parceiros de negócios da marca.

Entenda como o iFood conseguiu criar as suas próprias soluções de pagamento neste e-book:

case-ifood

Carteira Digital

O relatório The Global Payments Report, da Worldpay from FIS, empresa de tecnologia de pagamentos apontou que, até 2024, a expectativa é que a carteira digital de pagamento seja responsável por mais de 51% de todo o volume transacionado no comércio eletrônico.

Com base nesse dado, é possível dizer que esse meio de pagamento pode ser visto como uma das tendências do e-commerce em 2022.

Além disso, uma pesquisa da Bain & Company, divulgada pela Sociedade Brasileira de varejo e Consumo, SBVC, trouxe a estimativa que, em 2022, as carteiras digitais serão responsáveis por 28% do mercado de meios de pagamento em todo o mundo.

Criptomoedas

Se considerarmos tendências de meios de pagamento para 2022 como algo um pouco longe da realidade atual, as criptomoedas, definitivamente, ocupariam o primeiro lugar na lista.

Mas, vale destacar que pagar compras com criptoativos já não é mais visto pelos consumidores como uma opção tão distante assim. 

O relatório da Mastercard que citamos no início deste artigo também revelou que 4 a cada 10 pessoas desejam usar esse ativo como meio de pagamento — público da América do Norte, América Latina, Caribe, Oriente Médio, África e Ásia-Pacífico.

Por aqui, a própria Mastercard já anunciou que permitirá pagamentos e soluções com criptomoedas em sua rede, conforme matéria publicada no site Future of Money da Exame

Principais desafios do mercado de meios de pagamento

A empresa KPMG, em seu relatório “Desafios regulatórios de financial services 2021/2022”, destacou que alguns dos desafios do setor são:

  • adequação do ambiente regulatório;
  • aprimoramento das camadas de segurança;
  • gestão de fraudes e ataques a clientes;
  • redução de custos e de tempo de entrada de ideias inovadoras no mercado.

 

Porém, a participação das fintechs e os produtos e serviços oferecidos por essas startups podem ajudar empresas de diferentes segmentos a aprimorar a sua oferta de meios de pagamento, bem como a criarem as suas próprias soluções.

A Zoop, por exemplo, é a responsável por toda a tecnologia que possibilitou ao iFood oferecer aos seus clientes e parceiros todos os métodos que citamos. 

Quer saber como isso foi possível? Acesse agora mesmo o site da Zoop, confira todas as nossas soluções e aproveite para entrar em contato com um especialista.

Zoop. Tecnologia para serviços financeiros do futuro.

5/5 - (1 vote)
Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo