Negócios

Healthtech: a evolução da tecnologia na área da saúde

Publicado em 27 de maio de 2021 por Redação Zoop

Healthtech é uma startup voltada para a área de saúde. De acordo com o relatório Distrito Healthtech Report 2020, o Brasil conta com 542 empresas desse modelo.

A principal proposta de uma healthtech é aprimorar os produtos e serviços utilizados nesse setor, utilizando a tecnologia para entregar soluções escaláveis, que agreguem valor e melhorem a experiência dos usuários.

Um dos pontos que pode ser aprimorado na área de saúde com o uso da tecnologia fornecida por startups e fintechs são os processos de pagamento.

Além de melhorar a etapa de pagar e receber, soluções mais modernas contribuem para diminuir as taxas de inadimplência, otimizar a gestão financeira das instituições de saúde, trazer mais praticidade para empresas e pacientes, entre outras vantagens.

Neste artigo, você vai conferir o que é uma healthtech, quanto o uso da tecnologia pode contribuir para a área de saúde, e como as soluções de pagamento ajudam a inovar o setor.

O que é uma healthtech?

Healthtech é uma palavra formada pela junção dos termos em inglês “health”, que significa saúde, e “tech”, que quer dizer tecnologia.

Assim, as healthtechs são startups voltadas para a área de saúde que têm como objetivo trazer inovações para esse setor. 

A ideia é que as soluções apresentadas por essas empresas melhorem o dia a dia de médicos, pacientes e de instituições de saúde em diversos aspectos.

Segundo o relatório da Distrito que mencionamos no início deste artigo, o Brasil conta atualmente com 542 healthtechs, divididas entre as seguintes categorias:

  • Acesso à informação:
    • portais e conteúdo educativo 
    • fitness e bem-estar
    • plano de saúde
  • AI & Big Data
  • Farmacêutica e diagnóstico
    • e-commerce
    • pesquisa farmacêutica
    • genômica
    • exame
  • Gestão e PEP
    • prontuário eletrônico
    • gestão hospitalar 
    • gestão clínica
    • atestados, laudos e prescrições
  • Medical devices
    • equipamentos
    • 3D
  • Relacionamento com pacientes
    • engajamento de pacientes
    • terapias digitais
    • comunicação
  • Marketplace
    • marketplace oferta própria
    • marketplace oferta terceiros
    • clínicas populares
  • Telemedicina
    • teleatendimento
    • telediagnóstico
    • telemonitoramento
  • Wearables & IOT
    • wearables
    • sensores de saúde 

 

Quais as vantagens e desvantagens da tecnologia na área da saúde?

Uma healthtech é importante para o segmento visto que traz inovações voltadas para prevenção e diagnóstico de doenças, gestão e eficiência de instituições de saúde, aprimoramento de tratamentos médicos e muito mais.

O uso de tecnologia com foco na melhoria da saúde pode contribuir para, por exemplo:

  • diminuir tempo de atendimento aos pacientes;
  • reduzir o prazo para conclusão do diagnóstico de uma doença;
  • tornar processos e tratamentos menos invasivos;
  • aprimorar cirurgias, tornados mais precisas;
  • melhorar a gestão de consultórios, clínicas e hospitais.

 

Assim, uma das vantagens que podemos ressaltar de uma healthtech, é que esse modelo de negócio pode entregar soluções que abrangem todos os envolvidos. Ou seja, seus produtos e serviços beneficiam pacientes, médicos e instituições de saúde, melhorando suas experiências e ajudando a conquistar resultados melhores.

No que diz respeito às desvantagens, um ponto que pode ser destacado é que as healthtechs têm uma curva de amadurecimento mais longa que a apresentada por outros tipos de startups.

De acordo com a Distrito, metade das healthtechs tem menos de 5 anos de atividade. Isso leva à conscientização de que muitas dores e necessidades da área de saúde ainda levarão certo tempo para serem solucionadas.

Qual a importância das soluções de pagamento para o setor de saúde?

Uma dessas dores, inclusive, tem relação com os processos de pagamento, os quais podem ser solucionados tanto com a ajuda de uma healthtech quanto de uma fintech.

Aproveite e ouça este episódio do podcast Papo na Nuvem:

Por exemplo, uma prática bastante comum do setor são os chamados “cheques caução”. Esse recurso costuma ser utilizado quando o procedimento que o paciente vai realizar tem um valor alto, que pode ou não ser coberto pelo convênio.

Como garantia de pagamento, a instituição de saúde solicita que o paciente ou seu responsável deixe um cheque preenchido com uma quantia pré-determinada que pode ser descontado ou devolvido, de acordo com a evolução do atendimento.

Se falar em clínicas e hospitais que fazem atendimentos particulares, uma oferta de meios de pagamento limitada, tais como apenas dinheiro ou débito, pode comprometer o faturamento, bem como o relacionamento com os pacientes.

O que queremos dizer com esses exemplos é que as soluções de pagamento têm tanto peso para o crescimento das empresas de saúde quanto de outros setores.

Diferentes opções de meios de pagamento, por exemplo, contribuem para:

  • reduzir ou mesmo acabar com a inadimplência;
  • facilitar o recebimento de valores;
  • possibilitar parcelamento, melhorando a experiência do cliente.

 

E quando se trata de marketplaces, plataformas de gestão, e outras soluções oferecidas por uma healthtech que tenha vários envolvidos no processo de pagamento, a ferramenta certa contribuiu para um split de pagamento muito mais rápido e preciso.

Além disso, pode gerar uma nova oportunidade de negócio: trabalhar com antecipação de recebíveis e melhorar a saúde financeira dos parceiros da plataforma.

Como incluir pagamentos como uma das inovações dessa área?

Além de uma healthtech, existe outro tipo de startup que pode trazer inovações para empresas da área de saúde. 

Se o objetivo for aprimorar as soluções de pagamento, as fintechs, como a Zoop, são as que podem ajudar os negócios desse setor.

A Medicinae Solutions, por exemplo, é uma empresa de soluções financeiras exclusivas para o setor de saúde que oferece aos seus parceiros de negócio antecipação de faturas médicas de planos de saúde, uma solução pioneira no segmento.

Somado a isso, a empresa também trabalha com antecipação de recebíveis de pagamentos realizados com cartão de crédito, entre outras funcionalidades.

Tudo isso foi possível graças à parceria firmada com a Zoop, fintech líder em tecnologia para serviços financeiros.

Os produtos e serviços oferecidos pela Medicinae Solutions levam a sua própria marca, ou seja, a empresa usufrui da nossa tecnologia, mas é seu nome que ganha destaque.

Segundo Rafael Coda, CEO e Co-founder da Medicinae Solutions, a empresa conseguiu resolver diversas dores dos seus clientes, impactando diretamente no faturamento desses negócios — um dos seus cases teve aumento de 40% no faturamento.

No artigo “Pagamento online para empresas de saúde: quanto (e como) contribui para reduzir problemas de recebimento?” você confere detalhes sobre essa parceria, os resultados obtidos pela Medicinae Solutions e como a Zoop pode ajudar a sua empresa a crescer também!

Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo