Empreendedorismo

EMV software: como a solução em nuvem da Zoop pode ajudar o seu negócio

Publicado em 18 de junho de 2019 por Daniel Teixeira

O mercado de adquirência e processamento de transações de cartões físicos é baseado em padrões internacionais. Desenvolver e certificar tais tecnologias dificulta o acesso ao mercado.

Por este motivo, a Zoop oferece aos seus parceiros diversas tecnologias que dão suporte ao complexo processo por trás do desenvolvimento e certificação de operações de pagamento presencial. Além disso, a Zoop também apoia novos entrantes, por meio de produtos de prateleira prontos para o uso e integrados à nossa plataforma na nuvem.

Neste post, conheça a solução EMV software da Zoop, entenda como ela funciona, veja as diferenças para o modelo tradicional de pagamentos e saiba quais são as vantagens que ela pode trazer para o seu negócio. Acompanhe!

Entendendo o modelo convencional de soluções de pagamento presencial

No modelo convencional de soluções de pagamento presencial, os adquirentes embarcam o software nos terminais de pagamentos (máquinas de cartões e TEFs) e vendem para os lojistas. Por trás de cada solução de captura, o padrão EMV (Europay, MasterCard e Visa) é utilizado para garantir a segurança das transações feitas com cartão físico, utilizando chip e senha para validar cada transação.

Para o lançamento de cada modelo de hardware, é iniciado um processo de desenvolvimento e certificação EMV único que visa atender a esse padrão. Esse processo se estende também a aspectos de comunicação de sistemas transacionais com o software que é embarcado nos terminais. O pagamento com cartão presente EMV utiliza o computador do cartão, que é o chip, para aprovar a transação com segurança.

Por outro lado, a implementação desse padrão possui um alto custo e demanda ao desenvolvedor adequar-se aos diversos padrões da indústria. Para um negócio que quer ingressar no mercado do zero, isso consome um tempo aproximado de um ano de desenvolvimento.

Hoje, existem soluções de captura prontas e adequadas aos padrões EMV e com certificação PCI, mas isso só resolve parte da anatomia de uma solução de pagamento presencial. O empreendedor também precisa criar um fluxo transacional para lidar com as informações da transação no momento da captura e enviar os dados para as bandeiras de cartões de crédito e bancos emissores.

Anatomia de uma solução tradicional de pagamento presencial

  • Software de captura: seja a venda executada em uma maquininha ou em um ponto de venda (PDV), é necessário um software apto a capturar os dados da transação que precisa, necessariamente, usar o padrão EMV e ter certificação PCI.
  • Fluxo transacional: conseguir salvar e obter a análise dos dados e de fato liquidar a transação também é um fator necessário, além de conciliar a devida transação que foi capturada com o valor liquidado em conta.
  • Adquirência: responsável por credenciar vendedores e estabelecimentos comerciais, transmitir os dados capturados às bandeiras e processar e liquidar as transações financeiras junto aos estabelecimentos credenciados.

zoop cloud

(Imagem ilustrativa)

As ineficiências do mercado de EMV software

Como comentamos, para o lançamento de cada terminal, é preciso iniciar um processo de desenvolvimento que abrange desde os aspectos de comunicação de sistemas transacionais com o hardware até a implementação do padrão EMV no software dos terminais. Isso significa que todo o processamento de lógica de negócio é feito dentro do terminal.

Para cada nova solução, o desenvolvedor codifica todo o fluxo no próprio software, o que ocasiona um retrabalho enorme. Em geral, para cada tipo de terminal, existe um projeto, em que todo o fluxo EMV é refeito do zero, o que implica em um alto custo de lançamento.

As empresas que desenvolvem soluções de captura para o mercado geralmente não são os próprios adquirentes. Isso significa que a disponibilização de informação de terceiros em um fluxo transacional é inexistente.

Somado a isso, até pouco tempo não existiam modelos de negócio “full white label” no mercado, em que, com simples integrações ou customizações de logo nos terminais, os empreendedores pudessem customizar sua marca em um terminal e obter dados das transações. Qualquer empreendedor que desejasse iniciar um negócio de pagamento precisava construir uma solução de captura do zero, certificar e integrar a um adquirente.

A boa notícia é que os tempos mudaram!

Como funciona o Zoop EMV Cloud?

Na Zoop, desenvolvemos e certificamos soluções de captura e uma estrutura de execução de protocolos EMV que se comunicam com a nossa nuvem, o que facilita a implementação de terminais. Nossa arquitetura permite que cada terminal seja associado ao cliente do respectivo parceiro Zoop. Dessa forma, todas as atualizações de software, patches e correções ficam sob nossa responsabilidade.

O Zoop EMV Cloud se comunica com uma série de soluções de captura para terminais físicos já certificados e prontos para operar. O parceiro Zoop utiliza terminais com seus clientes sem a necessidade de manutenção de software, e ainda conta com a disponibilidade de uma série de informações do fluxo transacional. Além disso, pode criar produtos financeiros para seus clientes a partir dos recebíveis que eles detêm.

No modelo convencional, as empresas que desenvolvem software de captura para pagamento presencial implementam o padrão EMV em cada terminal. Na Zoop, tudo está centralizado em nossa nuvem. Nesse sentido, o EMV se replica em toda a implementação de uma nova solução de captura de pagamento presencial.

zoop cloud

(Imagem ilustrativa – Plataforma Zoop)

Por que usar a Zoop para criar checkouts físicos?

Adquirência Whitelabel

Além da tecnologia, já possuímos toda uma estrutura de adquirência e liquidação de transações para vendedores e estabelecimentos comerciais. A Zoop vai além do software, o que garante que negócios que usam a plataforma não tenham a necessidade de desenvolver uma adquirência própria. Entregamos isso como um módulo da plataforma sem que nossa marca apareça para o cliente final, o vendedor.

Nosso processo de onboarding por meio de APIs ou interfaces white label prontas executa o processo de credenciamento dos estabelecimentos comerciais para aceitação de cartões como meios eletrônicos de pagamento na aquisição de bens e/ou serviços. Somos os responsáveis por transmitir às bandeiras, processar e liquidar as transações financeiras junto aos estabelecimentos credenciados pelos nossos parceiros.

Acesso à camada de gerenciamento da Zoop

Possuímos uma camada da plataforma que chamamos de “Gerenciamento”. Ela concentra, principalmente, toda a gama de produtos financeiros como contas digitais, split de pagamentos e antecipação de recebíveis. Qualquer transação capturada por um pagamento presencial pode se tornar uma regra de negócio.

Integração com pagamentos digitais

Nossa plataforma foi construída para nossos parceiros operarem no modelo omnichannel. Todo o fluxo transacional está centralizado em nossa cloud e todos os parceiros Zoop têm acesso, por meio de APIs, a todas as transações realizadas por seus vendedores, sejam elas feitas presencialmente ou digitalmente.

Manutenção em tempo real

Toda a atualização de versões e implementação acontece em tempo real. O parceiro da Zoop não precisa se preocupar em dar a manutenção necessária no ambiente.

Chave de criptografia

Todos os serviços de captura de pagamento presencial Zoop possuem uma chave nos terminais homologados que se comunicam com a nossa nuvem.

A partir do momento que a chave é inserida pelo fabricante do hardware e o software instalado, o dispositivo estará instantaneamente apto a transacionar no padrão EMV, reduzindo tempo e custo de configuração e implementação por terminal com uma solução turnkey.

PCI Compliant

Todas as nossas soluções de captura estão em conformidade com o nível mais alto de certificação PCI DSS.

Informações para a tomada de decisões

Toda a transação gera um pacote de informações que pode ser utilizado pelos parceiros (JSON), o que pode facilitar a busca por informações que, em uma situação emergencial, por exemplo, seria feita em algum sistema ou até mesmo planilha.

Numa implementação tradicional, o contratante precisa de um software que só fará o papel de capturar a transação. A Zoop possui campos em suas APIs em que os clientes podem enviar as informações que eles querem resgatar dentro da transação e até integrar com outros serviços.

Time to market

Utilizando a plataforma Zoop, além de uma redução expressiva em custos de desenvolvimento e certificação, os parceiros economizam em média um ano, quando comparado ao tempo que gastariam para construir do zero uma anatomia de cartão presente.

Portfólio completo de soluções

Possuímos tecnologias EMV POS para captura em terminais POS, mPOS e pinpad de cabo. Oferecemos uma alta gama de soluções que ajudam a quem quer começar a operar rápido, ou a sistemas legados, como os de varejo, que queiram se integrar e adicionar pagamentos à sua solução.

zoop cloud

(Imagem ilustrativa)

E como aproveitar as vantagens da tecnologia EMV agora?

Ficaram claras as vantagens da tecnologia EMV para a sua empresa? Se sim, agora vem a pergunta: o que você está esperando para incluí-la no seu negócio?

Nós podemos ajudar a sua empresa nesse desafio:

A Zoop possibilita que Marketplaces, ERPs, empreendedores e outros tipos de negócios passem a gerenciar o fluxo transacional de seus clientes, gerando novas receitas por meio de serviços de contas digitais, splits de pagamento e antecipação de recebíveis.

? Converse com um especialista! ? 

Com a nossa plataforma de pagamentos whitelabel, que conta com tecnologias de captura para maquininhas, boletos e outros meios de pagamentos com sua própria marca, você elimina barreiras regulatórias, custos de desenvolvimento e tempo de implementação para sua empresa crescer focada no core business.

Junte-se ao iFood, Sympla, Avec e outras grandes empresas que também geram valor com serviços financeiros e crie sua fintech agora!

 

Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo