Negócios

Intermediador de pagamento: o que é, como funciona e quais as vantagens?

Publicado em 13 de maio de 2022 por Redação Zoop
Avalie este post

O intermediador de pagamento é uma empresa responsável por promover a comunicação entre os envolvidos em um processo de pagamento eletrônico.

Também chamado de subadquirente, é ele que conecta clientes, lojistas e adquirentes no momento do checkout.

De forma resumida, o papel do intermediador de pagamento é receber as informações do pagamento — tais como o valor e o número de cartão, quando for esse o meio utilizado —, e enviar os dados de forma segura para a adquirente.

Quando a adquirente (credenciadora) valida e aprova a transação, ela repassa essa comunicação para o intermediador de pagamento que, por sua vez, a envia de volta para o lojista e para o cliente.

Por mais longo que esse caminho possa parecer, é essencial destacarmos que tudo isso acontece em pouquíssimos segundos, sem que vendedor e comprador percebam o que aconteceu entre os sistemas.

Em suma, o intermediador de pagamento processa e liquida transações realizadas com meios de pagamentos eletrônicos, a exemplo das feitas com cartão de crédito e de débito e, posteriormente, repassa o valor da venda para o comerciante, no prazo estipulado e acordado em contrato.

E quais seriam as vantagens de contratar esse tipo de serviço financeiro para o seu negócio? Uma delas é que a parceria com uma subadquirente tende a ter baixo custo e facilidade de implementação, especialmente em comércios eletrônicos.

Para conferir os demais benefícios dessa solução e como ela funciona, basta continuar a leitura deste artigo!

O que é intermediador de pagamento?

Conforme dissemos brevemente na abertura deste artigo, intermediador de pagamento, ou subadquirente, é uma solução que realiza a comunicação entre o lojista e o adquirente, promovendo o processamento e a liquidação dos pagamentos eletrônicos feitos pelos clientes, tais como os realizados com cartão de crédito ou cartão de débito.

A principal diferença entre o serviço prestado por uma empresa adquirente e uma subadquirente, é que a primeira envia os dados do pagamento diretamente do varejista para o banco e bandeira de cartão, quando o pagamento está sendo realizado com esse método.

A segunda também capta as informações de pagamento, mas as envia para a adquirente, que posteriormente devolve com a aprovação, ou não, do processo.

Essa explicação, em um primeiro momento, pode dar a entender que não é tão interessante trabalhar com um intermediador de pagamento. Afinal, trata-se de mais uma etapa nesse ciclo.

Porém, esse serviço tem vários pontos a seu favor. Entre os que mais se destacam estão o fato de contar com um sistema antifraude próprio e de ter integração facilitada — esse último, inclusive, contribui para que pequenos e médios negócios, e até mesmo pessoas físicas, também usufruam dos seus recursos.

Lembrando que as subadquirentes atendem companhias de todos os portes, incluindo as grandes.

Quais as vantagens de contratar um intermediador de pagamento?

Uma das principais vantagens de contratar um intermediador de pagamento é a possibilidade de oferecer aos clientes diferentes meios de pagamentos eletrônicos, tanto para vendas presenciais quanto para vendas online.

Assim como as adquirentes, no comércio presencial a subadquirente opera pelas máquinas de cartões. No e-commerce, por sua vez, elas são conectadas às plataformas de venda.

Sobre esse último ponto, é interessante destacarmos que algumas soluções de intermediação de pagamento oferecem a opção de checkout transparente, que é uma forma de cobrança que mantém o cliente no site da loja durante o pagamento da compra. 

Em outras palavras, quer dizer que ele não é direcionado para uma página externa à plataforma, o que tende a aumentar a confiança no processo e no e-commerce.

Outros benefícios de ter uma subadquirente como parceiro do seu negócio são:

  • ir além da oferta de cartões como método de pagamento, incluindo, por exemplo, boleto bancário e do Pix;
  • aceitar diferentes bandeiras de cartão para recebimento de valores via cartão de débito e de crédito, inclusive com possibilidade de parcelamentos;
  • ter facilidade para fazer cobranças recorrentes, já que boa parte das empresas intermediadoras de pagamento oferece esse recurso aos varejistas;
  • sofrer menos perdas financeiras para o seu negócio, visto que, em casos de inadimplência, quem absorve o prejuízo para posteriormente cobrar o cliente é o intermediador;
  • aumentar a segurança no checkout, considerando que a análise de risco de potenciais fraudes também é feita pela subadquirente.

 

Dica extra! Aproveite e ouça este podcast do Papo na Nuvem:

Qual o melhor intermediador de pagamentos para o seu negócio?

Para saber qual a melhor intermediadora de pagamentos para a sua empresa, é interessante que você considere alguns pontos. 

Entre os que merecem sua atenção na hora de decidir sobre essa parceria estão:

  • analisar o seu volume de vendas, projeção de crescimento e comparar com a oferta de serviços a ser prestada, ponderando sobre o custo-benefício;
  • examinar as tarifas e taxas cobradas e verificar quanto elas podem afetar o seu lucro final;
  • confirmar se o tipo de serviço prestado (modelo de checkout) realmente contribuirá para melhorar a experiência de compra do seu cliente, ou se pode impactar negativamente as suas vendas;
  • verificar se conta com fácil integração, quais são as camadas de segurança oferecidas para a sua empresa e para o seu público, e se tem suporte disponível para atendimento sempre que você precisar.

Como a Zoop pode ajudar você com essa questão?

A Zoop, fintech líder em tecnologia para serviços financeiros, também atua como subadquirente. Nossa solução para intermediação de pagamento permite que você ofereça soluções financeiras personalizadas ao seu público.

Indo mais além, nossa tecnologia permite que o seu negócio se torne um subadquirente, transformando a sua companhia em uma verdadeira empresa de pagamentos.

Com a plataforma da Zoop você não precisa se preocupar com o atendimento das regras regulatórias, pois toda essa etapa já foi cuidada pela fintech.

Isso contribui para reduzir custos com desenvolvimento e tempo de implementação, visto que a parte burocrática está devidamente solucionada e de acordo com o estabelecido pelos órgãos reguladores.

Vale destacar também que todos os produtos financeiros criados com a solução da Zoop levam a marca da sua empresa, sendo esse um importante diferencial competitivo que aumenta a credibilidade do seu negócio e o posicionamento no mercado de atuação.

Quer saber, em detalhes, como tudo isso funciona? Então entre em contato agora mesmo com um dos nossos representantes.

Zoop. Tecnologia para serviços financeiros do futuro.

Avalie este post
Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo