Negócios

Plataforma de pagamento recorrente: por que ajuda a aumentar a sua receita e como escolher a melhor?

Publicado em 22 de julho de 2021 por Redação Zoop

Uma plataforma de pagamento recorrente é uma solução que possibilita às empresas receberem valores periódicos dos seus clientes sem que, para isso, seja preciso interferência manual para realizar essas cobranças.

É o que acontece quando contratamos um serviço por assinatura, tais como os streamings de música ou de filmes, para os quais temos as mensalidades descontadas automaticamente das nossas contas ou cartões de crédito.

As plataformas de pagamentos recorrentes podem ser utilizadas por diferentes modelos de negócios que oferecem alguma entrega regular aos seus consumidores, a exemplo dos clubes de assinaturas, empresas SaaS, de telecomunicações, escolas, academias, universidades, entre outros.

Entre os principais objetivos do uso desse sistema estão facilitar a gestão financeira da companhia, evitar a inadimplência e melhorar a experiência de compra do cliente.

Neste artigo, você vai conferir o que é pagamento recorrente, entender como funciona a plataforma que oferece esse serviço, descobrir as vantagens para a sua empresa e para os seus clientes e saber como implementar essa solução. 

Por isso, continue a leitura e conheça essa estratégia que tem tudo para ajudar a aumentar o seu faturamento!

O que é pagamento recorrente?

Antes de falarmos como funciona uma plataforma de pagamento recorrente, é bem importante explicarmos melhor essa forma de recebimento de valores, concorda?

Como o próprio nome sugere, pagamento recorrente é um tipo de cobrança que acontece quando uma empresa fornece serviços e/ou produtos de forma contínua para os seus clientes.

Os modelos mais conhecidos são os vindos de soluções por assinatura, como os exemplos que demos no início deste artigo, e que exigem pagamentos periódicos para que o consumidor continue usufruindo o que foi adquirido.

A ideia por trás das plataformas de pagamentos recorrentes é evitar que a companhia  tenha que fazer essas cobranças manualmente. 

Além de contribuir para tornar o negócio escalável, reduz o tempo gasto para fazer as cobranças, evita falhas e esquecimentos, e também ajuda a diminuir os casos de inadimplência.

Como funciona uma plataforma de pagamento recorrente?

Uma plataforma de pagamento pode funcionar de duas formas distintas: integrada ao site da empresa ou à parte.

 

Plataforma de pagamento recorrente integrada

As soluções para cobranças recorrentes integradas são as que estão inseridas no site do negócio

Nesse formato, todo o processo de pagamento acontece diretamente na plataforma de venda da marca. Também devido a essa característica, essa opção costuma ser bastante utilizada por e-commerces e marketplaces

Na prática, o cliente acessa o site da empresa, escolhe o serviço e/ou produto que deseja assinar, cadastra o meio de pagamento e finaliza a compra.

Todo esse processo é possível graças às APIs de pagamento recorrente, que são aplicações que fazem a comunicação entre dois ou mais pontos —  no caso, entre a companhia, o cliente e a instituição financeira.

Dica de leitura: “API de pagamento: o que é e como funciona?

Plataforma de pagamento recorrente não integrada

Já as ferramentas de cobrança recorrente não integradas têm como foco facilitar a gestão do negócio

Elas têm o mesmo objetivo do modelo anterior, ou seja, viabilizar a cobrança de valores periódicos. 

A principal diferença é que podem ser usadas por negócios que não vendem online e, por conta disso, não contam com sites próprios, a exemplo de prestadores de serviços recorrentes como empresas de seguros, planos de saúde, academias etc.

Nesse tipo de plataforma de pagamento recorrente, a própria solução é a responsável pela comunicação com bancos e instituições financeiras, o que pode impactar as taxas e valores cobrados pela utilização do serviço.

Quanto esse sistema beneficia empresas e clientes?  

Tanto o pagamento recorrente quanto as plataformas que facilitam esse tipo de cobrança geram inúmeros benefícios para as empresas e para os seus clientes.

Vantagens do pagamento recorrente para as empresas

  • diminuição das taxas de inadimplência, considerando que as cobranças são feitas automaticamente no cartão de crédito ou na conta bancária do cliente, dispensando qualquer ação dele para efetivação do pagamento;
  • aumento das taxas de retenção, por melhorar a experiência do comprador;
  • aprimoramento da gestão financeira, pois torna todo o processo de cobranças periódicas automático;
  • redução das falhas nas cobranças;
  • otimização do tempo necessário para execução dessa tarefa;
  • envio automático de lembretes aos clientes, dispensando interação humana.

Vantagens do pagamento recorrente para os consumidores 

  • opção de pagar a sua assinatura com diferentes meios de pagamento (cartão de crédito, débito em conta, ou boleto bancário);
  • no caso de optar pelo cartão de crédito, o limite não é comprometido;
  • para os boletos bancários, há a possibilidade de pagar em diferentes instituições financeiras e correspondentes bancários, e não há risco de esquecimento, visto que a plataforma de pagamento recorrente envia lembretes;
  • tanto no cartão de crédito quanto no débito em conta o cliente não precisa se preocupar com a data de vencimento, o que melhora consideravelmente a sua experiência de compra.

 

Sugestão! Não deixe de ouvir este episódio do Papo na Nuvem:

O que é preciso para trazer essa solução para o seu negócio?

Agora que o conceito e as vantagens da plataforma de pagamento recorrente ficaram mais claros, o próximo passo é saber como trazer essa solução para o seu negócio.

Sobre isso, há alguns pontos importantes a serem considerados antes da contratação do serviço, que são:

  • identifique o propósito dessa contratação, por exemplo, aprimorar a sua gestão, facilitar as cobranças, melhorar a experiência dos clientes etc;
  • compare a oferta da empresa que fornece a solução com as necessidades do seu negócio;
  • confira a facilidade de integração da solução (se é utilizada a API de pagamento recorrente), bem como a possibilidade de configuração conforme o seu modelo de cobrança;
  • analise os meios de pagamentos que poderão ser oferecidos aos clientes;
  • verifique a possibilidade de alterações nos pagamentos, por exemplo, mudança nos valores das assinaturas, na periodicidade da cobrança, entre outros pontos;
  • comparece o custo-benefício, se atentando às taxas cobradas pelo uso da ferramenta e se há cobranças extras conforme o negócio for crescendo;
  • questione sobre as soluções antifraude e sistemas de segurança de dados;
  • analise se há um bom suporte técnico para responder suas dúvidas e solucionar problemas tão logo eles apareçam.

 

Depois de todas essas informações, que tal descobrir, na prática, como levar essa estratégia para o seu negócio? Nós da Zoop, fintech líder em tecnologia para serviços financeiros, podemos ajudar!

São mais de 500 empresas que já utilizam nossas soluções para agregar ainda mais valor às suas marcas.

Confira como melhorar a experiência do seu cliente e o faturamento do seu negócio com produtos voltados para o mercado de serviços financeiros. Converse agora com um dos nossos consultores!

Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo