Gestão

Capital de giro para empresas: como calcular e dicas para aumentar

Publicado em 22 de julho de 2022 por Redação Zoop
Avalie este post

Você sabe para que serve o capital de giro para empresas? E como calculá-lo?

O capital de giro é um dos indicadores mais importantes para medir a saúde financeira de um negócio. 

Quando positivo, ele proporciona certa garantia de continuidade para a empresa. No entanto, quando negativo, o contrário pode acontecer: se você não sabe como melhorar o capital de giro, pode levar ao encerramento de suas operações. 

Para evitar esse cenário, você precisa entender o que é e a importância do capital de giro para empresas. Veja tudo sobre esse assunto, além de dicas para melhorar a reserva financeira do seu negócio a seguir. 

O que é capital de giro de uma empresa?

Capital de giro nada mais é do que uma reserva financeira que a empresa tem para ser usada em momentos de urgência, imprevistos, para fazer investimentos, etc. 

Um bom capital de giro é aquele que consegue arcar com todos os custos e despesas de um negócio (fixos e variáveis), caso seja necessário, permitindo que a empresa continue em funcionamento. 

Ou seja, caso a empresa passe por um período de dificuldade financeira, baixa nas vendas ou esteja realizando investimentos, mas ainda sem ter retornos (como pode acontecer no início de um empreendimento), esse valor irá manter o negócio aberto. 

Dessa forma, o capital de giro para empresas é uma forma de medir a sua saúde financeira. 

Se essa reserva não existe ou está abaixo do valor das despesas e custos da empresa, caso não entre dinheiro, dificilmente a empresa irá para frente. 

Já se existe um capital de giro, ela conseguirá manter as contas em dia, mesmo que não receba nada nesse período. 

Como funciona o capital de giro? 

Se você sabe pelo menos um pouco sobre investimentos, já deve conhecer o conceito de independência financeira. Se não, vamos explicar rapidamente agora. 

Basicamente, uma pessoa pode dizer ser independente financeiramente quando consegue manter o seu padrão de vida, mesmo se ficar sem trabalhar. 

Ou seja: mesmo que não entre 1 real em sua conta proveniente do trabalho, ela consegue manter seus gastos, custos e luxos apenas com a renda passiva de seus investimentos. 

Quando falamos em capital de giro para empresas, a lógica é bem similar: ele funciona como uma reserva financeira que permite que o negócio continue funcionando, mesmo em períodos de baixa entrada

Isso quer dizer que o capital de giro permite à empresa manter suas operações e arcar com despesas e custos com o valor que possui em “caixa”, mesmo que ela não faça uma única venda. 

Interessante, não é? Mas com a má gestão financeira que algumas empresas enfrentam, essa não é a realidade de muitos negócios. 

Segundo uma pesquisa do Sebrae, citada em uma matéria do site Agência Brasil, das empresas que encerraram suas atividades em 2020, 22% citaram a falta de capital de giro como fator crucial

O mesmo levantamento ainda constatou que 40% das empresas citaram a pandemia da covid-19 como a principal causa da falência. 

Exatamente por isso, você precisa entender como calcular e, principalmente, como melhorar o capital de giro do seu negócio. Continue lendo para descobrir! 

Como calcular capital de giro para empresas?

Para calcular o capital de giro para empresas você deve saber qual é o ativo circulante e passivo circulante do seu negócio. 

  • Ativo circulante: bens e valores que a empresa possui ou pode rapidamente transformar em dinheiro, como contas a receber, dinheiro em conta, produtos em estoque, investimentos, etc. 
  • Passivo circulante: despesas e custos que a empresa precisa arcar, sejam eles fixos ou variáveis, como salários de funcionários, pagamento de fornecedores, contas básicas como água e luz, etc.

E como chegar ao capital de giro para empresas? Simples! Você deve pegar a soma de ativo circulante e diminuir o total de passivo circulante, o que restar é o capital de giro que o negócio possui. 

CAPITAL DE GIRO: ATIVO CIRCULANTE – PASSIVO CIRCULANTE 

Vamos a um exemplo? 

Imagine que sua empresa possua R$ 500 mil em ativo circulante e R$ 250 mil em passivo circulante. Então, como capital de giro, ela terá R$ 250 mil (o suficiente para arcar um mês de contas pagas mesmo sem nenhuma entrada). 

Agora, ainda com R$ 500 mil de ativo circulante, mas com R$ 700 mil de passivo circulante, sua empresa estaria com um débito de R$ 200 mil. 

Em um cenário imprevisível e desfavorável, como foi a pandemia, você não teria como arcar com as despesas com sua reserva. 

Neste caso, seria necessário melhorar o capital de giro. E como fazer isso? Veja algumas dicas a seguir. 

10 dicas para melhorar o capital de giro do seu negócio 

Agora você sabe o que é capital de giro para empresas e como realizar o cálculo para acompanhar esse índice financeiro tão importante. 

O próximo passo é trabalhar para aumentar o capital de giro para empresas, afinal, quanto maior a “reserva”, mais tempo sua empresa conseguirá se manter se for necessário. 

Abaixo, veja alguns passos que podem te ajudar nessa tarefa. 

  1. Acompanhar o fluxo de caixa diariamente e cortar gastos não essenciais
  2. Gerenciar o estoque de mercadoria ou matéria-prima
  3. Liquidar um possível estoque parado 
  4. Utilizar plataformas de pagamento com taxas baixas 
  5. Escolher meios de pagamento de giro rápido
  6. Investir em estratégias de cobranças para diminuir a inadimplência
  7. Analisar a precificação dos produtos e serviços com frequência
  8. Negociar prazos de pagamentos com fornecedores
  9. Procurar linhas de crédito para equilíbrio do caixa
  10. Incentivar o cliente a optar pelo pagamento à vista (dinheiro, pix ou débito). 

Dica extra! Construa sua solução de pagamentos com o Zoop Payments!

https://www.youtube.com/watch?v=B6RCd2rlqq0 

Nele, você pode oferecer soluções de cobrança em cartões de crédito, pix e boleto bancário sem custo adicional e de forma personalizável.  

Gostou dessa novidade? Então entre em contato com um consultor e entenda mais sobre a nossa plataforma de pagamentos que atende empresas físicas e virtuais. 

Avalie este post
Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo