Negócios

Pix para empresas: o que é, como funciona e quais são as taxas?

Publicado em 24 de janeiro de 2022 por Redação Zoop
Avalie este post

O Pix para empresas é um meio de pagamento que pode ajudar a aumentar o volume de vendas e, consequentemente, o faturamento de negócios que fazem vendas virtuais e/ou presenciais.

Desde o seu lançamento em novembro de 2020, o sistema de pagamentos instantâneo do Banco Central tem conquistado cada dia mais adeptos, inclusive se estabelecendo como um dos meios de pagamento preferido dos brasileiros.

Segundo dados da Zetta, associação sem fins lucrativos que representa empresas de tecnologia do setor de serviços financeiros, a solução é usada por 81% das pessoas que têm chave Pix como forma de pagar as suas compras.

Entre os meios de pagamentos utilizados por quem tem cadastro no Pix, o sistema ocupa o terceiro lugar na preferência, perdendo apenas para o cartão de débito (85%) e para o dinheiro (84%).

Diferentemente do Pix para pessoas físicas, o Pix para empresas pode gerar taxas de cobrança, condição que tende a levar muitos empreendedores a relutarem quanto à oferta desse meio de pagamento aos seus clientes.

Mas quais seriam essas taxas? Como são definidas essas cobranças? Elas são legais? Confira, agora, qual o custo do Pix para empresas e como funciona a definição desses valores.

Como funciona o Pix para empresas?

O Pix para empresas funciona similar ao utilizado por pessoas físicas (PF). Isso quer dizer que é possível aos negócios transferir e receber valores, bem como realizar e receber pagamentos 24 horas por dia, 7 dias da semana. A grande diferença, no entanto, fica por conta da possível cobrança de taxas.

Quem é PF é isento de pagamento de qualquer tarifa para as operações realizadas via sistema de pagamentos instantâneo, independentemente da sua natureza — isso quer dizer entre pessoas físicas, de pessoa física para empresa, de pessoa física para pagamento de contas de consumo etc.

O mesmo princípio vale para quem é Microempreendedor Individual, MEI e para quem é Empresário Individual, EI, exceto quando esses realizam transações comerciais B2B, ou seja, de empresa para empresa.

Os demais modelos de negócios seguem a definição do Banco Central, o qual estabelece que as instituições financeiras que oferecem o Pix para pessoas jurídicas podem cobrar tarifas por esse serviço, se quiserem, estando livres para definirem os valores que julgarem mais adequados para o público atendido.

Não deixe de ler: “Pix no comércio: o que muda para o setor? Quais as vantagens?

Qual o custo do Pix para empresas?

Como acabamos de mencionar, bancos, fintechs e empresas do setor de produtos e serviços financeiros podem definir, livremente, quais os custos do Pix que oferece aos seus clientes PJ.

Em outras palavras, isso quer dizer que não há uma tabela de valores determinada pelo Banco Central que precisa ser seguida. Em linhas gerais, a ideia é que as taxas cobradas sejam inferiores às praticadas atualmente por serviços como a TED e o DOC.

Nesse cenário, alguns bancos estão isentando temporariamente os seus clientes de cobrança para utilização do Pix para empresas. Mas para você ter uma noção de quais são as tarifas cobradas por esse serviço para quem é PJ, elas tendem a variar entre 0,99% e 1,89% sobre o valor de cada transação.

Alguns dos critérios que podem ser utilizados para definir a tarifação são:

  • quantidade de transações via Pix realizadas durante determinado período, por exemplo, dentro de um mesmo mês;
  • se a conta é de uso exclusivo de atividades comerciais;
  • tipo de QR Code utilizado, ou seja, dinâmico ou estático;

 

Aproveite e leia este artigo: “Pagamento via QR Code: conheça mais sobre essa experiência do pagamento sem contato

Quais as vantagens de oferecer o Pix como meio de pagamento?

Mas ainda que o Pix para empresas gere possíveis cobranças, é essencial destacarmos que ele é um meio de pagamento que deve fazer parte da oferta aos seus clientes, e os motivos são diversos:

  • otimiza o processo de pagar e receber;
  • tem tempo de recebimento menor que os estabelecidos para vendas por outros métodos de pagamento, como cartão de crédito e boleto bancário;
  • aumenta as chances de os clientes fazerem compras que não estavam programadas;
  • contribui para que o varejista atenda diferentes grupos de consumidores, como os que não têm cartão de crédito.

 

Confira todos os benefícios do sistema de pagamentos instantâneo lendo este artigo: “As 7 maiores vantagens do Pix para empresas e clientes

Como o Pix tem impactado o varejo?

O Pix no varejo tem contribuído para o crescimento do setor em diversos aspectos. Por ser fácil, rápido e seguro de usar, ele torna a vida e a rotina dos consumidores mais dinâmica, gerando novas oportunidades de negócio para os varejistas.

Além disso, as novas funções do Pix, que estão sendo liberadas gradativamente pelo Banco Central, tendem a contribuir para elevar o volume de vendas tanto no comércio eletrônico quanto no presencial.

O Pix Saque, por exemplo, permitirá a retirada de dinheiro em espécie diretamente nos caixas das lojas presenciais. Isso pode ajudar a aumentar o volume de pessoas nos estabelecimentos e potencializar as vendas dos locais.

Já o Pix Cobrança, funcionalidade que possibilita a cobrança com datas futuras, pode alavancar o comércio eletrônico por ter funcionalidade semelhante ao boleto bancário. 

O que é preciso para implementar o Pix no seu negócio?

Agora que você sabe todos esses pontos sobre o Pix para pessoa jurídica, que tal descobrir como trazê-lo para a sua empresa? Para isso, você pode contar com a ajuda da Zoop,  fintech líder em tecnologia para serviços financeiros.

Com o Pix da Zoop você processará suas vendas online com um dos meios de pagamento mais usados do momento. 

Além de passar a oferecer o Pix para os seus clientes, melhorando suas experiências de compra, o seu negócio ganha em agilidade e passa a contar com um fluxo financeiro totalmente automatizado.

Quanto ao custo do Pix da Zoop, você pagará apenas uma taxa por cada valor transacionado, sem mensalidades ou mesmo gastos com a integração do sistema.

Quer saber, em detalhes, como essa solução de pagamento funciona? Então entre em contato agora mesmo com um especialista da Zoop!

Avalie este post
Diga como podemos lhe ajudar!
Avalie o artigo